A Arquitetura na Cidade

  • Euler Sandeville Junior Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP)
Palavras-chave: Arquitetura, Espaço público, Memorial da América Latina, Estação Barra Funda do Metrô, Praça da Sé.

Resumo

Este artigo é uma reflexão sobre três casos em que a arquitetura define a configuração do espaço público, investigando seus significados e pressupostos. São levantadas questões que não comportam respostas definitivas, mas que induzem a alguns parâmetros para discutir a atuação do arquiteto no espaço público, nas áreas centrais de nossas cidades. Nosso título é, sem dúvida, devedor do célebre trabalho de Aldo Rossi, a Arquitetura da cidade (1966). Porém, nos ocupamos apenas da inserção da arquitetura na cidade e numa perspectiva teórica muito distinta, reconhecendo para o projeto do objeto arquitetônico uma dependência do espaço e do tempo e das relações sociais que assim se estabelecem. São analisados o Memorial da América Latina, a estação Barra Funda do Metrô e a Praça da Sé. São aqui entendidos como campos de projeto da paisagem e, como tal, problematizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Euler Sandeville Junior, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP)
Arquiteto e urbanista, arte-educador, pós-graduado em Ecologia, mestre e doutor em Estruturas Ambientais Urbanas pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP). Professor livre-docente do Departamento de Projeto da FAUUSP, vice-coordenador da Área Paisagem e Ambiente do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUUSP, professor do Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciência Ambiental da Universidade de São Paulo (USP), coordenador do Laboratório Espaço Público e Direito à Cidade (LabCidade) da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo (FAUUSP).
Publicado
2013-07-01
Como Citar
Sandeville Junior, E. (2013). A Arquitetura na Cidade. Paisagem E Ambiente, (31), 97-124. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5361.v0i31p97-124
Seção
Fundamentos