A forma e o caráter da vegetação na reconstrução paisagística do passeio público

  • Jeanne Almeida da Trindade Universidade Estácio de Sá.
Palavras-chave: Restauração. Jardim histórico. Vegetação

Resumo

O Passeio Público da cidade do Rio de Janeiro é considerado o primeiro espaço livre público ajardinado do Brasil, destinado ao convívio social da população. Durante sua existência, alternou períodos de boa conservação com abandono de modo que, no início do século XXI, a prefeitura do Rio de Janeiro decidiu contratar o projeto e a obra de restauração do Passeio Público com a intenção de devolver à população este espaço revitalizado. Este trabalho tem a finalidade apresentar a metodologia utilizada para orientar as decisões de manutenção, remoção e replantio da vegetação deste importante jardim histórico brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeanne Almeida da Trindade, Universidade Estácio de Sá.

Arquiteta Urbanista; Especialista em Planejamento Ambiental e Paisagístico; Mestre em Ciências da Arquitetura. Assistente da Fundação Parques e Jardins. Professora de Teoria e História do Paisagismo e Planejamento Paisagístico da Universidade Estácio de Sá.

Publicado
2007-12-31
Como Citar
Trindade, J. (2007). A forma e o caráter da vegetação na reconstrução paisagística do passeio público. Paisagem E Ambiente, (24), 387-396. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5361.v0i24p387-396
Seção
ENEPEA