Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Instrumentos de avaliação de qualidade de vida após transplante de medula óssea (TMO): uma revisão da literatura

Ângela da Costa Almeida, Sonia Regina Loureiro

Resumo


O presente artigo apresenta uma revisão da literatura relativa à qualidade de vida após a realização de transplante de medula óssea (TMO), destacando-se as variáveis psicossociais e as características de personalidade envolvidas no processo de adaptação. Nesse contexto, apresenta algumas considerações sobre instrumentos de avaliação, utilizados na identificação de possíveis preditores de ajustamento psicossocial no sentido de ampliar a compreensão do significado psicológico do TMO na sobrevida dos pacientes. Os estudos desenvolvidos sugerem que a qualidade de vida dos pacientes pós-TMO está associada aos recursos pessoais disponíveis à adaptação, apontando para a necessidade de pesquisas longitudinais e prospectivas.

Palavras-chave


Transplante de Medula Óssea;Qualidade de Vida;Ajustamento Psicossocial;Avaliação Psicológica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-863X1999000200003

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.