Foco e Escopo

A revista Pandaemonium Germanicum, publicada desde 1997 pela Área de Alemão do Departamento de Letras Modernas da  FFLCH/USP e pelo Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã, compreende-se como fórum de discussão acadêmica nos campos da Germanística, a saber: literaturas de língua alemã, literatura comparada e estudos culturais ligados aos países de língua alemã, linguística alemã, linguística aplicada e contrastiva (português/alemão), ensino de alemão como língua estrangeira e estudos tradutológicos. A Pandaemonium pretende contribuir para a divulgação de pesquisas de germanistas brasileiros e de outros países, bem como para o diálogo entre a germanística, as demais áreas de Letras e outras áreas de conhecimento.

Pandaemonium aceita os seguintes tipos de textos sobre as áreas acima mencionadas:

  1. artigos inéditos em português, alemão, espanhol ou inglês (mínimo de 15, máximo de 30 páginas);
  2. artigos de revisão;
  3. resenhas críticas de dissertações, teses, traduções e livros de interesse para as áreas em questão. Os livros devem ter sido publicados nos últimos 3 anos, no caso de edições estrangeiras, e nos últimos 2 anos, no caso de edições brasileiras;
  4. em casos excepcionais, entrevistas com autores ou professores de reconhecida importância para a área.

A revista recebe textos sobre os assuntos mencionados acima em fluxo contínuo e sobre temas específicos de acordo com suas Chamadas de Trabalhos. 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos passarão por avaliação por pares cega (double blind peer review).  Em caso de avaliações divergentes, recorre-se a uma terceira avaliação crítica; caso o artigo seja aprovado, o artigo ainda passará por uma revisão textual detalhada.

Os artigos submetidos à avaliação para publicação na Pandaemonium não podem ser submetidos simultaneamente para publicação em outras revistas ou órgãos editoriais.

As opiniões e ideias expressas nos artigos publicados são de responsabilidade de seus respectivos autores. 

Periodicidade

Desde 2016, a Pandaemonium Germanicum publica três números por ano. 

Política de Acesso Livre

A Pandaemonium Germanicum adota a política de acesso aberto, conforme a licença BY-NC da Creative Commons

Propriedade intelectual

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons BY-NC.

O envio de manuscritos implica na permissão de publicação pela Pandaemonium Germanicum, sem ônus para a mesma, e a aceitação da Licença Creative Commons indicada. O autor retém todos os direitos autorais e patrimoniais sobre o artigo; em publicações posteriores, o autor deve indicar a primeira publicação na revista. 

Declaração de Ética da Publicação

A Pandaemonium Germanicum se empenha em cumprir as boas práticas de editoração de periódicos científicos, segundo as orientações do Comitê de Ética em Publicações (Committee on Publications Ethics – COPE). Não aceita nenhum tipo de comportamento antiético e plágio, tendo à disposição ferramentas para sua detecção. 

Indexadores e bases de dados

  • SciELO
  • Directory of Open Access Journals - DOAJ
  • Deutsche National Bibliothek
  • Germanistik im Netz (GiN)
  • Latindex
  • MLA
  • Portal de Periódicos da CAPES
  • Portal de Revistas da USP

Fontes de Apoio

Programa Editorial CNPq/CAPES (2017-2018) 

Histórico do periódico

A revista Pandaemonium Germanicum dedica-se a publicar trabalhos acadêmicos inéditos da área de Germanística, escritos por pesquisadores do Brasil e do exterior.

Criada em 1997, a fim de substituir os Cadernos de Língua e Literatura Alemã, a revista tem passado por diversas reformulações, que refletem tanto o desenvolvimento desta área de estudos no Brasil quanto seu próprio esforço de contínuo aprimoramento. No primeiro número, continuando a tradição dos Cadernos, o periódico reuniu os textos das palestras proferidas no âmbito da Semana de Língua e Literatura Alemã, realizada na FFLCH-USP. A publicação organizou-se em torno de quatro grandes áreas: literatura, linguística, tradução e cultura, e iniciou em 1998 seu processo de internacionalização, integrando colaboradores de outras universidades brasileiras e estrangeiras.

Em 2001, em seu quinto número, a revista ganhou um novo projeto gráfico, mantido até o presente. Nos anos seguintes, foi classificada na categoria "Nacional A", do Qualis-Capes; com o número 11, publicado em 2007, a revista tornou-se online. Conforme os novos critérios de avaliação da Capes, a revista encontra-se no estrato A1, o mesmo em que estão os mais importantes periódicos da área de Letras e Linguística publicados pela USP e por outras universidades do país. Dada a especificidade de nosso âmbito de estudos, não podemos senão comemorar tal classificação.

A partir de 2009, Pandaemonium tem um novo site, mais funcional que o primeiro, e passa a ser editada duas vezes ao ano. Em 2011, passamos a fazer parte da Coleção SciELO, alcançando três números anuais em 2016.

Esperamos assim continuar contribuindo para o desenvolvimento dos estudos germanísticos no Brasil e para o diálogo acadêmico entre a germanística e outras áreas do conhecimento.