Stimmungen no Fausto de Aleksandr Sokurov

  • Alex Martoni Universidade Federal Fluminense

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar a construção das Stimmungen (atmosferas) na livre-adaptação do Fausto de Goethe realizada, em 2011, pelo diretor russo Aleksandr Sokurov. Dentro dessa perspectiva, buscaremos demonstrar, particularmente, como o diálogo entre Sokurov e Goethe não se dá somente no domínio do enredo, mas também no modo peculiar como ambos se utilizam da técnica como forma de modulação dos afetos dos espectadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-01
Como Citar
Martoni, A. (2015). Stimmungen no Fausto de Aleksandr Sokurov . Pandaemonium Germanicum, 18(26), 46-71. https://doi.org/10.1590/1982-883718264671
Seção
Literatura/ Cultura - Literatur-/Kulturwissenschaft