Os dois Oskar Matzerath

  • Elisandra de Souza Pedro Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Palavras-chave: literatura alemã, cinema, estrutura narrativa, Günter Grass

Resumo

O presente trabalho analisa a estrutura narrativa do romance O tambor (Die Blechtrommel) de Günter Grass e do filme homônimo dirigido por Volker Schlöndorff, observando a forma como o romancista articula a construção complexa de seu foco narrativo e como o cineasta trabalha essa estrutura em seu filme, o que resulta em diferentes formas de perceber e interpretar tanto o narrador-personagem quanto o universo no qual está inserido, levando em consideração que a discussão sobre adaptações de obras literárias em realizações cinematográficas já passou da discussão moralizante da fidelidade ou traição para uma discussão menos valorativa. O artigo enfatiza o estudo da intertextualidade entre a adaptação cinematográfica e o romance original, tendo como pontos de observação o tipo de seleção feita no processo da realização fílmica, a concretização visual do texto literário, a atualização de determinados temas abordados na obra e o foco narrativo, por exemplo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-01-01
Como Citar
Pedro, E. (2010). Os dois Oskar Matzerath . Pandaemonium Germanicum, (15), 115-138. https://doi.org/10.1590/S1982-88372010000100008
Seção
Literatura/ Cultura - Literatur-/Kulturwissenschaft