Interkulturelles Lernen und lehrbuchgestütze, individualisierende Unterrichtsformen im schulischen DaF-Unterricht

  • Stephan Baumgärtel
Palavras-chave: Ensino e aprendizagem intercultural, aprendizagem de línguas estrangeiras, individualização de atividades didáticas

Resumo

Este ensaio discute as possibilidades de integrar os aspetos linguísticos e semânticos da abordagem didática intercultural para o ensino de alemão como língua estrangeira. Baseando-se na concepção de alteridade como uma noção relacional, isto é, a imagem do outro depende fundamentalmente da compreensão da própria cultura e das historias, valores e realidades sociais inscritas nela, o artigo propõe uma didática que use o ensino de formas morfosintáticas para instigar reflexões interculturais. Além disso, propõe-se uma didática voltada às reações individualizadas por parte dos alunos para poder aproveitar plenamente as diferenças das noções do próprio e do outro. Neste contexto, sugere e discute-se atividades didáticas que permitam fazer uso do livro didático para criar e explorar material interculturalmente significante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Stephan Baumgärtel

Der Autor ist Professor Substituto an der Universidade Federal de Santa Catarina und hat als Bundesprogrammlehrkraft im Lehrerausbildungsprogramm “Programa Magister” des Erziehungsministeriums von Santa Catarina in Chapecó/SC (1998/99) und Jaraguá do Sul/SC (2000/01) gearbeitet.

Publicado
2005-12-17
Como Citar
Baumgärtel, S. (2005). Interkulturelles Lernen und lehrbuchgestütze, individualisierende Unterrichtsformen im schulischen DaF-Unterricht. Pandaemonium Germanicum, (9), 327-344. https://doi.org/10.11606/1982-8837.pg.2005.73943
Edição
Seção
Lingüística e Lingüística aplicada – Linguistik und angewandte Linguistik