A questão universitária em Max Weber: entre escritos metodológicos e Sociologia Política

  • Mariana Toledo Ferreira Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Max Weber, questão universitária, probidade intelectual, universidade, burocracia.

Resumo

O presente artigo busca tratar da concepção de educação em Max Weber e, mais especificamente, em como ele aborda a questão universitária, em uma série de seus escritos. Além de textos mais conhecidos, tal qual Ciência como vocação, o estudo incorpora conferências e artigos de intervenção escritos por Weber e alguns de seus trabalhos identificados com sua Sociologia Política. Assim, se o processo de desencantamento do mundo é vital para que se consiga interpretar os diagnósticos elaborados à época, também ocupam lugar central o papel do docente e o conceito de probidade intelectual. Analogamente, o avanço da burocracia – em alguns casos, de maneira a cercear o trabalho intelectual e acadêmico – é tematizado pelo autor, notadamente pela análise crítica do “caso Bernhard” e do “sistema Althoff”. Este artigo busca, então, retraçar essas discussões de Weber, inserindo-as em um quadro analítico mais amplo, ao relacionar sua discussão sobre a educação a conceitos elaborados tanto no âmbito de sua Sociologia da religião quanto de sua Sociologia política. Por fim, delineia-se brevemente o modo como Weber reflete sobre o sentido da liberdade, sobretudo aquela de cunho acadêmico, para destacar a relevância que assumiriam formas de organização dos professores que pudessem atuar em defesa da autonomia exigida pelo trabalho científico-intelectual sério.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Toledo Ferreira, Universidade de São Paulo

Mestre em sociologia, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade de São Paulo e bolsista do CNPq

Publicado
2015-06-01
Como Citar
Ferreira, M. (2015). A questão universitária em Max Weber: entre escritos metodológicos e Sociologia Política. Plural, 22(1), 182-208. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2015.102222