Provocações para uma sociologia da sexualidade: Sistemas, linguagem, amor

  • Marcelo Augusto de Almeida Teixeira Centro Universitário do Distrito Federal
Palavras-chave: Sociologia da Sexualidade, Sistemas, Linguagem, Amor, Sujeito

Resumo

O artigo busca pensar, a partir de uma sociologia da sexualidade, as provocações epistemológicas propostas por Judith Butler e Niklas Luhmann, sobretudo os pressupostos de que o sujeito é “inexistente”, vindo a existir por meio da linguagem, e de que a sociedade existe apartada do sujeito – sendo composta por comunicações. O texto discorre sobre os modos pelos quais a sociologia refletiu o corpo sexuado, passando pela polarização entre essencialistas/construcionistas, até as recentes tentativas de síntese entre esses polos, ilustrada com uma topologia baseada na faixa de Mobius lacaniana. O objetivo é ilustrar a importância dada à linguagem na constituição de corpos, sexualidade e valor de “humano”, a partir do exemplo de “crianças-feras” e do conceito butleriano de “abjeto”. Por fim, considera-se o Amor a partir de uma perspectiva sistêmica, com contribuições da Neurociência, concluindo que a Sociologia da Sexualidade se beneficia do sistema luhmanniano: o sujeito se configura mais autônomo em seu contexto social, psíquico e biológico e nos sistemas da sexualidade. Nesse cenário, não só o sujeito se torna central, porquanto seu próprio corpo físico seja a interseção de sistemas sociais, psíquicos e biológicos, mas também a sexualidade se torna cada vez mais autônoma, estetizada, atomizada a uma questão de escolha individual, com repercussões políticas, espaciais, corporais e sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Augusto de Almeida Teixeira, Centro Universitário do Distrito Federal
Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília, Mestre em Teoria e História da Arte pela Universidade de Brasília e, atualmente, doutorando em Sociologia pela mesma instituição e professor de Teoria da Arquitetura no Centro Universitário do Distrito Federal
Publicado
2015-12-17
Como Citar
Teixeira, M. A. (2015). Provocações para uma sociologia da sexualidade: Sistemas, linguagem, amor. Plural, 22(2), 182-203. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2015.112456