Das mônadas às redes

o resgate de um social associativo para a Sociologia Digital

Palavras-chave: Sociologia Digital, Gabriel Tarde, Teoria Social

Resumo

Buscou-se, neste artigo, relacionar as propostas sociológicas de Gabriel Tarde com perspectivas atuais de interseção entre a sociologia e os usos e métodos digitais. Em um primeiro momento, apresentamos o debate entre Tarde e Durkheim, demonstrando duas concepções distintas de teorização e prática das ciências sociais; em seguida, apontamos as principais questões elaboradas por Tarde, e de que forma podemos compreendê-las e recuperá-las atualmente; por fim, discutimos questões voltadas para a constituição de uma sociologia digital, elencando algumas problematizações e desafios apontados por autores que trabalham com o tema. Argumentamos que o desenvolvimento de uma sociologia digital necessita estar em concordância com uma reconfiguração do que se entende por “social”; nesse sentido, propomos a recuperação e atualização de um social associativo trabalhado por Gabriel Tarde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Pastor, Universidade Federal da Bahia

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia; pesquisador do Laboratório de Pesquisa em Mídia Digital, Redes e Espaço (Lab404); membro do Núcleo de Estudos em Ciências Sociais, Ambiente e Saúde (ECSAS). 

Publicado
2019-07-12
Como Citar
Pastor, L. (2019). Das mônadas às redes. Plural, 26(1), 266-288. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2019.137909