A noção de campo de uma perspectiva transnacional

a teoria da diferenciação social sob o prisma da história global

  • Gisèle Sapiro École des Hautes Études en Sciences Sociales
  • Marcello G. P. Stella Universidade de São Paulo

Resumo

Referência para o artigo original: Sapiro, Gisèle. Le champ est-il national ? La théorie de la différenciation sociale au prisme de l’histoire globale. Actes de la recherche en sciences sociales, (N°200), p. 70-85, 2013/5. DOI 10.3917/arss.200.0070

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisèle Sapiro, École des Hautes Études en Sciences Sociales

Diretora de pesquisas no CNRS e diretora de estudos na EHESS (École des Hautes Études en Sciences Sociales).

Marcello G. P. Stella, Universidade de São Paulo

Bacharel e licenciado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, mestre em Sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da USP, é atualmente doutorando na mesma instituição e programa tendo como grande área de estudo a sociologia da literatura e a sociologia da cultura.

Publicado
2019-07-12
Como Citar
Sapiro, G., & Stella, M. (2019). A noção de campo de uma perspectiva transnacional. Plural, 26(1), 233-265. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2019.159917