Desemprego e empreendedorismo: da ambiguidade da relação conceitual à eficácia das práticas de intervenção social

  • Joana Gomes de Almeida Universidade de Coimbra
  • Eduardo J. R. Santos Universidade de Coimbra
  • Joaquim Armando Ferreira Universidade de Coimbra
  • Cristina Pinto Albuquerque Universidade de Coimbra
Palavras-chave: desemprego, empreendedorismo, problematização conceitual, eficácia das intervenções.

Resumo

Perante a atual dificuldade dos sistemas políticos e financeiros dos países europeus, em especial os do sul da Europa, em fazer face às maiores taxas de desemprego, desde que há registro na história, a via do empreendedorismo tem assumido crescente importância no quadro das políticas de incentivo ao emprego. Face à ausência de respostas no mercado assalariado, o empreendedorismo tem sido apresentado como uma das soluções mais populares na reconquista do direito ao trabalho: realidade complexa que merece uma discussão conceitual e um renovado questionamento das atuais práticas de intervenção social. Apesar de ser evidente a existência de uma relação entre desemprego e empreendedorismo, esta é fonte de grande ambiguidade entre os especialistas. Ao longo do artigo é discutido, e assumido, o caráter heurístico de um projeto tão pessoal quanto social, como a criação do próprio emprego, contextualizado na discussão crítica sobre a eficácia das práticas de intervenção social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joana Gomes de Almeida, Universidade de Coimbra
Licenciada em Serviço Social, mestre em Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo, doutoranda em Sociologia pelo Programa de Relações de Trabalho, Desigualdades Sociais e Sindicalismo (Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra/Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Feuc), investigadora do projeto “Impactos e ajustamentos psicossociais da transição para o desemprego involuntário de pessoas com idade igual ou superior a 40 anos”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
Eduardo J. R. Santos, Universidade de Coimbra
Coordenador científico do Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Vocacional e Social da Universidade de Coimbra, FCT (unidade 192), professor associado com agregação pela FPCEUC, adjunct professor pela University of New York, USA.
Joaquim Armando Ferreira, Universidade de Coimbra
Professor catedrático na FPCEUC e adjunct professor pela University of New York, USA.
Cristina Pinto Albuquerque, Universidade de Coimbra
Professora auxiliar na FPCEUC.
Publicado
2013-06-05
Como Citar
Almeida, J., Santos, E., Ferreira, J., & Albuquerque, C. (2013). Desemprego e empreendedorismo: da ambiguidade da relação conceitual à eficácia das práticas de intervenção social. Plural, 20(1), 31‑56. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2013.69562
Seção
Artigos