O impacto da corrupção sobre a qualidade do governo democrático

  • Umberto Guarnier Mignozzetti Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Corrupção, qualidade da democracia, regime político, império da lei, dados de painel.

Resumo

Neste trabalho, busca-se explorar o problema da definição e operacionalização empírica da questão da qualidade do governo e, em especial, do governo democrático. Discute-se esse problema tendo em perspectiva a questão da corrupção. Na primeira parte do texto, apresenta-se a definição de qualidade do regime democrático, tal como aparece na formulação de Diamond e Morlino (2005). Na conceituação dos autores, que fazem uma analogia com o controle de qualidade em empresas, os regimes democráticos deveriam ser avaliados segundo três quesitos: procedimentos, resultados e conteúdos. Em seguida, desenvolve-se a cadeia causal que levaria a corrupção a deteriorar cada um desses elementos, fazendo com que os governos tenham baixo desempenho no que tange à qualidade de suas instituições. Feita essa discussão preliminar, passa-se à etapa empírica, em que, usando dados de painel para o período de 1996 a 2005 e cento e cinquenta e quatro países, explora-se como as medidas selecionadas para a qualidade do regime são afetadas pelo problema da corrupção. A análise é feita, primeiramente, considerando todos os regimes e, em seguida, o modelo controlado para os países democráticos. Mostra-se, de forma consistente, como a corrupção pesa na qualidade do governo e como o efeito sobre a qualidade é especificamente consistente nos regimes democráticos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Umberto Guarnier Mignozzetti, Universidade de São Paulo

Graduado, mestre e doutorando em Ciência Política (DCP – USP). Aqui, registre-se um agradecimento especial aos colegas do Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas (NUPPs – USP) pelos valiosos comentários, bem como à Fapesp, pelo auxílio financeiro (bolsa número 09/54293-3)

Publicado
2011-12-01
Como Citar
Mignozzetti, U. (2011). O impacto da corrupção sobre a qualidade do governo democrático. Plural, 18(2), 111-134. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2011.74504
Seção
Artigos