Verossimilhança e formação como projetos incompletos: literatura e história em Nove Noites

Autores

  • Mariana Miggiolaro Chaguri Universidade Estadual de Campinas
  • Mário Augusto Medeiros da Silva Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2007.75465

Palavras-chave:

literatura brasileira, literatura e sociedade, literatura e história, literatura e sociologia.

Resumo

Este artigo recorre ao romance Nove Noites (2003), de Bernardo Carvalho, para discutir o problema da verossimilhança em literatura. Para tanto, propõe que Nove Noites seja lido como urna espécie de romance de formação (Bildungsroman) no qual diferentes círculos de memória se sobrepõem para organizar o material narrado. Tal leitura é norteada pela discussão das relações estabelecidas entre a literatura e a sociologia. Ao final, propõe-se uma comparação com outro romance brasileiro (Quarup, 1967, de Antônio Callado) para se observar, a partir de outra obra que se vale do mesmo espaço geográfico e narrativo, o sentido de incompletude da formação social no Brasil contemporâneo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Miggiolaro Chaguri, Universidade Estadual de Campinas

Mestre e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Sociologia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas e pesquisadora do Centro de Estudos Brasileiros da Universidade Estadual de Campinas

Mário Augusto Medeiros da Silva, Universidade Estadual de Campinas

Mestre e doutorando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas e pesquisadora do Centro de Estudos Brasileiros da Universidade Estadual de Campinas

Downloads

Publicado

2007-12-01

Como Citar

Chaguri, M. M., & Silva, M. A. M. da. (2007). Verossimilhança e formação como projetos incompletos: literatura e história em Nove Noites. Plural - Revista De Ciências Sociais, 14, 119-132. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2007.75465

Edição

Seção

Artigos