Marx e Foucault: Um estudo sobre o papel da violência, das leis, do Estado e das normas na construção do operário disciplinado

  • Flávia Schilling Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Marx, Foucault, violência, leis, Estado, acumulação primitiva, disciplina, normas, operário.

Resumo

Trata-se de um ensaio que apresenta uma leitura do Cap. XXIV do livro O Capital de Karl Marx, que tem como tema a chamada "acumulação primitiva" na formação do capitalismo. Deste texto recolhi as sugestões de Marx a respeito do papel da violência, da relação entre a violência, as leis e o Estado na construção desse "produto artificial da história moderna", o operário assalariado. Prolongo a análise marxista sobre estas relações com as propostas de Foucault sobre o papel das disciplinas e das normas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Schilling, Universidade de São Paulo
PPGS-FFLCH-USP
Publicado
1997-06-04
Como Citar
Schilling, F. (1997). Marx e Foucault: Um estudo sobre o papel da violência, das leis, do Estado e das normas na construção do operário disciplinado. Plural, 4(1), 42-59. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.1997.75896
Seção
Artigos