A Revista Plural no contexto de profissionalização da Sociologia no Brasil: entrevista com Maria Arminda do Nascimento Arruda

  • Lucas Amaral de Oliveira Universidade de São Paulo
  • Rodrigo Correia do Amaral Universidade de São Paulo

Resumo

Maria Arminda do Nascimento Arruda é professora titular da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, livre-docente na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia da cultura, história social dos intelectuais, da literatura e das artes; Sociologia da comunicação de massas; e teoria sociológica. Dentre suas contribuições mais significativas para a construção de uma agenda de estudos para a Sociologia da cultura no Brasil, destacam-se as obras: Metrópole e cultura: São Paulo no meio século XX (São Paulo: Edusp, 2001), Prêmio Jabuti de 2002; Mitologia da mineiridade: o imaginário mineiro na vida política e cultural do Brasil (São Paulo: Brasiliense, 1990); e A embalagem do sistema: a publicidade no capitalismo brasileiro (São Paulo: Duas Cidades, 1985). Arruda notabilizou-se, ainda, por seus estudos sobre a Escola Paulista de Sociologia e, mais especificamente, a Sociologia de Florestan Fernandes. Dentro dos reconhecimentos que sua produção tem recebido junto à comunidade acadê- mica, ganhou, em 2012, a Medalha Cultural e Comemorativa da trasladação dos despojos da Imperatriz Leopoldina, pelo Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, e, em 2014, o Prêmio Anpocs de Excelência Acadêmica “Antônio Flávio Pierucci” em Sociologia. Atualmente, é bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq – Nível 1A. Arruda tem atuado, por outro lado, pela institucionalização do campo acadêmico no Brasil, desempenhando diferentes funções. Desde 2010, é Pró-Reitora de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e membro do Comitê Institucional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais – Anpocs. Foi chefe do Departamento de Sociologia (2005-2008), coordenadora da Pós-Graduação em Sociologia (2000-2004), representante da área de Ciências Humanas no Conselho Técnico Científico da Capes (1998-2001), Secretária Executiva da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais – Anpocs (2005-2008) – e representante da Área de Sociologia junto à Capes (1997). A entrevista a seguir foi concedida pela professora à equipe da Plural em seu Gabinete, na Reitoria da Universidade de São Paulo, no dia 04 de novembro de 2014.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Amaral de Oliveira, Universidade de São Paulo
Doutorando e mestrando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da USP
Rodrigo Correia do Amaral, Universidade de São Paulo
Doutorando e mestrando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da USP
Publicado
2014-12-07
Como Citar
Oliveira, L., & Amaral, R. (2014). A Revista Plural no contexto de profissionalização da Sociologia no Brasil: entrevista com Maria Arminda do Nascimento Arruda. Plural - Revista De Ciências Sociais, 21(2), 199-213. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2014.97220