[1]
L. Santos, Um mapeamento das aproximações entre Weber e Nietzsche, PCSO, vol. 21, nº 1, p. 139-156’, jun. 2014.