Em busca do tempo e dos espaços perdidos

Autores

  • Claudio Soares Braga Furtado Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v22i37p94-101

Palavras-chave:

Tempo. Espaço. Arquitetura. Literatura. Proust, Marcel (1871-1922). Artigas, João Batista Vilanova (1915-1985).

Resumo

Celebrando os 100 anos da publicação de Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust, é feita uma leitura de algumas relações entre esse clássico da literatura mundial e o pensamento arquitetônico, à luz da prática que se ensina na FAUUSP. A importância das inovações estilísticas de Proust é vista por reflexos no pensamento da Arquitetura brasileira, ao aceitar-se o papel dessa arte como linguagem do mundo que nos cerca. A imbricação de tempo e espaço permite a transposição da busca da reminiscência para a procura dos espaços de fruição da Arquitetura moderna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudio Soares Braga Furtado, Universidade de São Paulo

É arquiteto formado pela FAUUSP, doutor em Arquitetura e Design na mesma instituição. Tem escritório de Arquitetura e Iluminação em São Paulo e foi professor em diversas faculdades de Arquitetura, inclusive a FAUUSP.

Referências

BARTHES, Roland. Novos ensaios críticos. O grau zero da escritura. Proust e os nomes. Tradução Heloysa de Lima Dantas; Anne Arnichand e Álvaro Lorencini. São Paulo: Cultrix, 1974. 237 p.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política. Obras escolhidas, v. 1. Tradução Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1996. 253 p.

DELEUZE, Gilles. Proust e os signos. Tradução Antônio Carlos Piquet e Roberto Machado. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010. 183 p.

KATINSKY, Júlio; ARTIGAS, Rosa; OHTAKE, Ruy. Vilanova Artigas. São Paulo: Instituto Tomie Ohtake; Editora RO, 2003. 259 p.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Inútil poesia e outros ensaios breves. São Paulo: Companhia das Letras, 2000. 364 p.

POULET, Georges. O espaço proustiano. Tradução Ana Luiza B. Martins Costa. São Paulo: Imago, 1992. 143 p.

PROUST, Marcel. Em busca do tempo perdido. No caminho de Swann. Volume 1. Tradução Mário Quintana. Comentários e posfácio de Olgária Chaim Féres Matos e Jeanne-Marie Gagnebin. São Paulo: Globo, 2006. 558 p.

PROUST, Marcel. Em busca do tempo perdido. À sombra das raparigas em flor. Volume 2. Tradução Mário Quintana. Prefácio, Guilherme Ignácio da Silva, posfácio Rolf Renner. São Paulo: Globo, 2006. 672 p.

PROUST, Marcel. Em busca do tempo perdido. O caminho de Guermantes. Volume 3. Tradução Mário Quintana. São Paulo: Globo, 2007. 688 p.

PROUST, Marcel. Em busca do tempo perdido. Sodoma e Gomorra. Volume 4. Tradução Mário Quintana. São Paulo: Editora Globo, 2008. 640 p.

PROUST, Marcel. Em busca do tempo perdido. A prisioneira. Volume 5. Tradução Manuel Bandeira e Lourdes Sousa de Alencar. São Paulo: Globo, 2002. 524 p.

PROUST, Marcel. Em busca do tempo perdido. A fugitiva. Volume 6. Tradução Carlos Drummond de Andrade. São Paulo, Globo. 2012. 392 p.

PROUST, Marcel. Em busca do tempo perdido. O tempo redescoberto. Volume 7. Tradução Lúcia Miguel Pereira.15 ed. São Paulo: Globo, 2013. 464 p.

Publicado

2015-06-02

Como Citar

Furtado, C. S. B. (2015). Em busca do tempo e dos espaços perdidos. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 22(37), 94-101. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v22i37p94-101

Edição

Seção

Artigos