Memória urbana da avenida Dom Severino: análise das edificações

  • Juliana Lopes Aragão Universidade Federal de Pernambuco.
  • Hercilia Raquel de Sousa Mendes Universidade Federal do Piauí. Curso de Arquitetura e Urbanismo. Teresinha (PI)
Palavras-chave: Arquitetura. Paisagem urbana. Teresina. Transformações urbanas.

Resumo

Essa é uma pesquisa PIBIC/CNPq realizada pelo Departamento de Construção Civil e Arquitetura da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Tal trabalho teve início no ano de 2010, após a observação das transformações ocorridas em uma importante via da zona leste da cidade. No momento, esse trabalho tem a participação de três bolsistas, que dividem suas ações em campos distintos para o levantamento de dados. O objetivo desse trabalho é analisar o impacto provocado pela construção da ponte estaiada no cenário urbano da Avenida Dom Severino. A Avenida teve seu uso e suas dimensões alteradas sem um planejamento prévio, provocando assim um problema urbano. A primeira etapa consistiu na delimitação da área a ser analisada, que foi o trecho da Avenida Dom Severino, localizado entre as Avenidas Nossa Senhora de Fátima e Homero Castelo Branco. Estabelecida essa área, partimos para a confecção de um perfil layout das fachadas. A segunda etapa tratou do levantamento nos órgãos da prefeitura e da SDU-Leste (Superintendência de Desenvolvimento Urbano), responsável pelas informações dos imóveis dessa via, dados sobre os tipos de uso das edificações. E a etapa final foi a confecção de um banco de dados para a inserção das informações sobre os imóveis, quanto à existência ou não de reformas, e a dimensão dessas reformas. Buscou-se informações sobre a posse dos imóveis, e as posteriores negociações que transformaram uso residencial em comercial. Paralelamente pesquisou-se as informações sobre a ponte estaiada e o processo de desocupação dos terrenos que eram de propriedade privada e que após a construção da ponte teve que ser negociada para se incorporar à mesma. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Lopes Aragão, Universidade Federal de Pernambuco.

Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (Faupe); Graduação em Licenciatura Plena em História. Mestrado e Doutorado em História pela Universidade Federal de Pernambuco ((UFPE).Rua Hermes Viana, 1165, Ed. Laura Viana, apto 202, Bairro São Cristovão 64052-360 - Teresina, PI, Brasil - Tel (86) 9432-3366

Hercilia Raquel de Sousa Mendes, Universidade Federal do Piauí. Curso de Arquitetura e Urbanismo. Teresinha (PI)

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Piauí (UFPI) Quadra 03, bloco 03, apto 303, Conjunto Tancredo Neves, Bairro Tancredo Neves 64076-085 – Teresina, PI, Brasil - Tel. (86) 99911-8087

Referências

AFONSO, Alcília; FERNANDES, Gabriela. Ininga: de fazenda a bairro residencial e universitário. A formação urbana do bairro Ininga e sua relação com o Campus Universitário Ministro Petrônio Portela da UFPI. In: IV ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA, 4., 2012,. EDUCAÇÃO HISTÓRICA E PATRIMÔNIO CULTURAL, Teresina. Anais... Teresinha: ANPUH – Seção Piauí, 2012.

ARAÚJO, Cristina Cunha de. Trilhas e estradas: a formação dos bairros Fátima e Jóckey Clube (1960 – 1980). Dissertação (Mestrado em História do (1960 – 1980). Brasil) – Universidade Federal do Piauí. Teresina, 2009, 155 p.

DIAS, Ricardo. O processo de verticalização em Teresina. Cadernos de Teresina, Teresina, v. esina 15, n.35, p. 18 -31, mar. 2003.

FAÇANHA, Antonio Cardoso. A evolução urbana de Teresina: agentes, processos e formas espaciais da cidade. Dissertação (Mestrado em Geogr espaciais da cidade. afia) – Universidade Federal de Pernambuco. Pernambuco, 1998, 129 p.

MONTANER, Josep Maria. Depois do movimento moderno: arquitetura da segunda metade do no: século 20. Barcelona: Gustavo Gili, 2001. 271 p.

NASCIMENTO, Francisco Alcides do. Teresina, a capital que nasceu sob o signo do moderno da pobreza. In: XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 26., 2011, São Paulo. Anais ... São Anais ... Paulo: ANPUH, 2011.

Publicado
2015-12-18
Como Citar
Aragão, J., & Mendes, H. R. (2015). Memória urbana da avenida Dom Severino: análise das edificações. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 22(38), 78-93. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v22i38p78-93
Seção
Artigos