Desempenho termo-energético de edifícios residenciais em clima temperado

  • Márcia Cristina Pereira Tavares Faculdade de Arquitectura. Universidade Técnica de Lisboa. Lisboa
  • Hélder José Perdigão Gonçalves Laboratório Nacional de Energia e Geologia. Lisboa
  • Jorge Novais Telles de Faria Corrêa Bastos Faculdade de Arquitectura. Universidade Técnica de Lisboa. Lisboa
Palavras-chave: Conforto térmico. Térmica dos edifícios. Desempenho térmico e energético. Sistemas solares passivos. Áreas de envidraçados. Edifícios residenciais.

Resumo

O presente estudo procura interligar aspectos da Arquitetura e da Térmica dos Edifícios visando contribuir para a prática de projeto disponibilizando um conjunto de informações relacionadas com as questões de conforto e consumo de energia, obtidas a partir de um processo metodológico fundamentado numa componente experimental (medições in loco de Verão e Inverno, sobretudo em unidades de edifícios residenciais em Lisboa com áreas de envidraçados superiores a 60% da fachada principal) e numa componente numérica (simulações térmicas recorrendo ao programa dinâmico EnergyPlus, num processo que envolveu modelação e calibração de modelos geométricos representativos de tipologias frequentes); o que permitiu a observação de diferentes parâmetros com possibilidade de comparar o desempenho entre um espectro alargado de soluções correntes (Matriz de soluções) sob um clima tipicamente mediterrâneo como o da cidade de Lisboa. Desta forma, sendo assim apresentado um conjunto de resultados que comprovam a possibilidade de se projetar e construir edifícios residenciais com diferentes áreas de envidraçados, principalmente com grandes proporções, em Clima Temperado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AFONSO, Clito; MALDONADO, Eduardo. A Single Tracer-Gas Procedure to Characterize Multi-Room Air Exchanges. Energy and Buildings, v.9, n.4, p.273-280, 1986.

GONÇALVES, Hélder; PANÃO, Marta; CAMELO, Susana; RAMALHO, Álvaro; GRAÇA, João Mariz; AGUIAR, Ricardo. Ambiente Construído, Clima Urbano, Utilização Racional de Energia nos Edifícios da Cidade de Lisboa - ACLURE, Lisboa: INETI, 2004.58p.

INSTITUTO DE METEOROLOGIA de Portugal (I.M.) http://www.meteo.pt/pt/

PINA DOS SANTOS, Carlos; MATIAS, Luís. Coeficiente de Transmissão Térmica de Elementos da Envolvente dos Edifícios – ITE 50, Lisboa: LNEC, 2006, 161p.

PORTUGAL. Decreto-Lei nº 80/06 de 4 de Abril, Portugal 2006. Regulamento das Características de Comportamento Térmico dos Edifícios – RCCTE. Diário da República – I Série-A, n.º67, p.2468-2513.

PORTUGAL. Decreto-Lei nº 40/90, de 6 de Fevereiro, Portugal 1990. Regulamento das Características de Comportamento Térmico dos Edifícios – RCCTE. Diário da República – I, Série, n.º31, p.490-504.

SARAIVA, Jorge; DA SILVA, Francisco Gonçalves; DA SILVA, Fernando Marques. Condições Climáticas e Anos Típicos. In: VIII ENCONTRO NACIONAL SOBRE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUÍDO E IV ENCONTRO LATINO-AMERICANO SOBRE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUÍDO, ENCAC – ENLAC, 2005, Anais, Maceió, 2005.

TAVARES, Márcia Cristina Pereira. Sistemas Solares Passivos na Arquitectura em Portugal: Os Envidraçados nos Edifícios Residenciais em Lisboa. 2012. 340p. Tese (Doutorado em Tecnologia da Arquitetura) - Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa, FA-UL, Lisboa, 2012. http://www.repository.utl.pt/handle/10400.5/6080

TAVARES, Márcia; GONÇALVES, Hélder; BASTOS, Jorge. Thermal Performance of Residential Buildings with Large Glazing areas in Lisbon- Modelling and Validation. In: 27TH INTERNATIONAL CONFERENCE ON PASSIVE AND LOW ENERGY ARCHITECTURE, PLEA, 2011, Louvain-La-Neuve, Belgium 2011.

Publicado
2016-12-30
Como Citar
Tavares, M. C., Gonçalves, H. J., & Bastos, J. (2016). Desempenho termo-energético de edifícios residenciais em clima temperado. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 23(41), 140-164. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v23i41p140-164
Seção
Artigos