A antiga Piscina do Duce no antigo Edifício das Termas (atual Edifício CONI) no Foro Itálico, em Roma:

análise histórica e restauro

Palavras-chave: Foro Italico, Piscina Pensile, Projeto de restauro, Patologias da construção da arquitetura do Século 20, Restauro de arquitetura moderna

Resumo

O antigo Palazzo delle Terme é composto por duas alas distintas unidas por um volume suspenso onde se encontra uma piscina coberta, a chamada Piscina Pensile. A piscina está sujeita a condições ambientais artificiais extremas: os valores da humidade relativa no compartimento estão diretamente relacionados com a temperatura da água, o aquecimento do ar e a falta de mecanismos apropriados de ventilação. Essas características dão origem a fenómenos de condensação nas superfícies expostas e à formação de bolor. A condensação contém vestígios de cloro e por isso é particularmente corrosiva e capaz de minar a resistência da estrutura, bem como as instalações técnicas necessárias ao tratamento do ar e da água. Esta pesquisa desenrolou-se em diversos arquivos em Roma, onde foi possível consultar o projeto de arquitetura, descrições técnicas da obra e levantamentos fotográficos. Simultaneamente foi feito o levantamento arquitetônico e, sucessivamente, de patologias na construção. A pesquisa permitiu a discussão de temas pertinentes ao restauro de um edifício moderno classificado em funcionamento e com uma grande carga de instalações técnicas e gastos energéticos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lisandra Franco de Mendonça, Sapienza Università di Roma. Scuola di Specializzazione in Restauro dei Monumenti

Lisandra Franco de Mendonça é licenciada em Arquitetura (1998) pela Universidade do Porto (tendo realizado o estágio curricular no atelier Souto Moura Arqts., Lda.), e especialista em Restauro de Monumentos (2003), pela “Scuola di Specializzazione in Restauro dei Monumenti” da Universidade de Roma, Sapienza. A sua dissertação de especialização intitulou-se “Piscina Pensile al Palazzo del C.O.N.I. al Foro Itálico, Roma. Studio e restauro”, tendo sido realizada com orientação do Prof. Doutor Giovanni Carbonara. 
Ingressou na primeira edição do programa de doutoramento em Patrimónios de Influência Portuguesa(PIP) do Instituto de Investigação Interdisciplinar (III) e do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES) (2010), onde se encontra a desenvolver a dissertação intitulada “Conservação da arquitetura e do ambiente urbano modernos: a Baixa de Maputo”, em relação à qual é bolseira da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). Realiza o seu doutoramento em cotutela entre a Universidade de Coimbra e a Universidade de Roma, Sapienza (Patrimónios de Influência Portuguesa e Storia e Restauro della Architettura) (http://www.dsdra.it/drupaluni/node/5600) nas vertentes de Arquitetura e Urbanismo e História e Restauro da Arquitetura.

Publicado
2018-12-03
Como Citar
Mendonça, L. (2018). A antiga Piscina do Duce no antigo Edifício das Termas (atual Edifício CONI) no Foro Itálico, em Roma:. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 25(47), 92-111. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v25i47p92-111
Seção
Artigos