A Necessidade de Orientação Urbanística

  • Beatriz Araujo Lara Barberis

Resumo

Propõe-se apontar o crescimento desordenado, a falta de hariponia dos bairros residenciais em verticalização e o processo descuidado, que tem gerado o seu desenho urbano. Reforça-se a necessidade de que esse espaço urbano seja organizado a partir de propostas antecipadas de uso do solo, que contenham orientação urbanística, que resulte em um desenho que gere uma melhor qualidade ambiental

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Araujo Lara Barberis
Mestrado pela FAUUSP, 1989

Referências

FREIXA, Jaume. Josep Lluis Sert. Barcelona. Gustavo Gili, 1979.

GASPERINI, Gian Cario. Contexto e Tecnologia - O Projeto como Pesquisa Contemporânea em Arquitetura. São Paulo, 1987, Tese - Livre Docência, FAUUSP.

HUGHES, Robert “As cidades ideais”, in: O choque do novo. Munich: BBC TV Production in Association with Time Life Films and RM Productions. 1979. (video)

LEME, Cristina Silva. Planejamento em São Paulo: 1930-1969. São Pauio, 1982. Dissertação Mestrado, FAUUSP.

NIEMEYER, Oscar. Rio, texto e croquis, de província e metrópole. Rio de Janeiro: Avenir, 1980.

NIEMEYER, Oscar. et alli. Parque do Tietô: piano de reubanizaçâo da margem do Rio Tietê. São Paulo: Aimed, 1986.

VEJA, 1989. Escalada Social, 7 de junho, pp. 100-101.

Publicado
1990-12-19
Como Citar
Barberis, B. (1990). A Necessidade de Orientação Urbanística. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 1(1), 5-10. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v1i1p5-10
Seção
nao definida