Oficinas e depósitos ferroviários: identificação e análise de algumas companhias férreas paulistas (1867-1930)

Palavras-chave: Edifícios industriais, Oficinas ferroviárias, Inventário

Resumo

Este trabalho teve como principal objetivo identificar e analisar características materiais das oficinas ferroviárias construídas no estado de São Paulo no período entre 1860 e 1930. A pesquisa se justifica pela importância desse tipo de edificação e pela grande lacuna de estudos nacionais em relação à arquitetura industrial, principalmente relacionados às oficinas ferroviárias. Para o levantamento, foram priorizadas as companhias de maior relevância econômica e as que dispunham de maior número de documentação. Foram consultados relatórios administrativos de algumas companhias férreas paulistas a fim de identificar a localização de suas oficinas e tratados ferroviários do século XIX para compreender alguns aspectos da espacialização das oficinas e bibliografia nacional especializada em arquitetura industrial e ferroviária. Este trabalho resultou em um mapa de localização das oficinas encontradas, através do qual foi possível identificar questões referentes à implantação, composição arquitetônica, materiais e alguns fornecedores estrangeiros.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-07-13
Como Citar
Silva, T. M., & Oliveira, E. (2019). Oficinas e depósitos ferroviários: identificação e análise de algumas companhias férreas paulistas (1867-1930). Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 26(48), e145345. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.posfau.2019.145345
Seção
Artigos