Revisitando Toulouse Le Mirail:

da utopia do presente ao futuro do pretérito

Palavras-chave: Estruturas urbanas, Desenho urbano, Arquitetura moderna.

Resumo

O artigo aborda a concepção e a recente demolição parcial do projeto Toulouse Le Mirail, de autoria do escritório francês Candilis-Josic-Woods, relacionando-o com o período do após-Guerra e com temas que emergiram durante discussões e encontros do Team 10. Investiga-se o encontro de Royaumont em 1962, oportunidade em que o projeto foi apresentado por Georges Candilis e recebeu críticas devido à sua grande escala, revelando o posicionamento de autores como Jaap Bakema, José Antonio Coderch, Fernando Távora e André Schimmerling, todos presentes ao encontro. O método conjuga pesquisa bibliográfica, investigação em arquivos do Team 10 pertencentes ao acervo do Het Nieuwe Instituut em Rotterdam, além de um componente empírico, com visita de campo à obra. Como resultado, questiona-se em que medida os valores arquitetônicos e urbanísticos relacionados ao projeto, podem ser reinterpretados para embasar novas reflexões condizentes com a realidade das intervenções em assentamentos habitacionais de grande escala.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiano Borba Vianna, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Doutor em Arquitetura e Urbanismo (FAUUSP); Professor Assistente na Escola de Arquitetura e Design (PUCPR); Arquiteto e Urbanista no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC).

Publicado
2018-09-27
Como Citar
Vianna, F. (2018). Revisitando Toulouse Le Mirail:. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 25(47), 34-50. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v25i47p34-50
Seção
Artigos