A construção de um discurso de alteridade e o papel social do design por meio da disciplina “O Design Posto em Questão”

Palavras-chave: Design, Pós-graduação, Pesquisa, Alteridade, Sociedade, Papel social do design

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar o impacto social que a disciplina O Design Posto em Questão, ministrada pela Professora Dra. Maria Cecilia Loschiavo dos Santos no curso de pós-graduação em Design da FAU-USP, tem provocado no desenvolvimento de pesquisas de mestrado e doutorado e em projetos de pesquisa que visam o processo seletivo de pós-graduação − por meio da construção de uma perspectiva de alteridade e de relevância dada ao papel social do design −, durante as discussões e debates realizados em sala. Este artigo, escrito por alunos que participaram da disciplina, e que recentemente defenderam suas pesquisas de mestrado na área de Design e Arquitetura, pretende abordar a bibliografia selecionada para leitura, com menção a alguns seminários e debates ocorridos em aula, a fim de demonstrar como o curso tem auxiliado no reconhecimento do papel social do design em pesquisas de diferentes temas, desconstruindo, ao mesmo tempo, conceitos e questões sociais relativas a este campo do conhecimento, em busca de um olhar de valorização e recognição sobre o outro, para quem se destina a pesquisa.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciene Ribeiro dos Santos, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Mestre em Design e Arquitetura (2018), pelo programa de pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Bacharel em Letras com dupla habilitação (Língua Portuguesa e Língua Francesa) pela Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (2004). Especialista em Ensino e Aprendizagem de Língua e Literaturas de Expressão Francesa pela PUC-SP (2007). 

Bruna Ferreira Montuori, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

Bruna Ferreira Montuori nasceu no Rio de Janeiro, em 1991. Graduou-se em desenho industrial (projeto de produto) com ênfase em comunicação visual na PUC-Rio, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, em 2014, com passagem no Politecnico di Milano, Itália, em 2012. É Mestra pelo Programa de Pós Graduação da Fau-usp, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2018).

Gabriel Dozzi Gutierrez, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

[São Paulo, 1985] Vive e trabalha em São Luís, MA. Artista e arquiteto formado pela FAUUSP e pela École Nationale Supérieure d'Architecture de Paris La Villette. Mestre pela FAU-USP (2018). É fundador, artista e gestor do espaço independente Aurora, contemplado triplamente pelo prêmio PROAC de Espaços Indepentes (2014/2015/2016). Foi editor, idealizador e diretor de arte da revista de cultura e arte ENTRETRÓPICOS, projeto contemplado pelo programa Cultura e Pensamento do Ministério da Cultura 2011. Em 2010, ganhou o prêmio do programa RUMOS, ITAÚ Cultural, com o filme Polivolume : Conexão Livre. Atualmente é gestor e coordenador artístico do Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM).

Amanda Beatriz Palma de Carvalho, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

Arquiteta formada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2014), intercâmbio na Universidade do Porto (2008/2009) nas Faculdades de Arquitetura e de Belas Artes. Mestre pela Universidade de São Paulo (2018) na área de design, onde estudou José Zanine Caldas. Formou-se como marceneira pela Oficina Lab e como tapeceira pelo Senai. Possui experiência profissional nas área de Cenografia na TV Cultura, no desenho de móveis hospitalares na empresa TETO e na área de design gráfico nas empresas Nu design e São Paulo Criação.

Viviane Mattos Nicoletti, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

Mestre em Design e Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2018), linha de pesquisa em História, Teoria e Ensino do Design. Possui graduação em Artes Visuais Com Habilitação em Escultura pela Universidade de São Paulo (2012) e graduação em Desenho Industrial pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2011). Pesquisa sobre as trocas entre os atores sociais no processo de mercadorização de artefatos artesanais tradicionais mediados pelo design. Tem experiência na área de Desenho Industrial, com ênfase em Desenho de Produto para o mercado náutico de luxo brasileiro.

Referências

BARDI, Lina. Tempos de Grossura: o design no impasse. São Paulo: Instituto Lina Bo e P. M. Bardi, 1994.

BONSIEPE, Gui. The Uneasy Relationship between Design and Design Research. In: RALF, Michel (org.). Design Research Now: essays and selected projects. Berlin: Birkhauser, 2007. p. 25-39.

BONSIEPE, Gui. Design, Cultura e Sociedade. São Paulo: Blucher, 2011.

MAGALHÃES, Aloísio. O que o design industrial pode fazer pelo país? Revista Arcos, Rio de Janeiro, v. 1, p. 8-12, 1998. Disponível em: https://bit.ly/365gcGB. Acesso em: 28 maio 2015.

PAPANEK, Victor. Design for the real world: human ecology and social change. 2. ed. New York: Van Nostrand Hold, 1984.

RUBINO, Silvana. A escrita de uma arquiteta. In: GRINOVER, Marina; RUBINO, Silvana (org.). Lina por escrito: textos escolhidos de Lina Bo Bardi, 1943-1991. São Paulo: Cosac & Naify, 2009. p. 19-40.

Publicado
2019-12-12
Como Citar
Ribeiro dos Santos, L., Montuori, B., Dozzi Gutierrez, G., Palma de Carvalho, A., & Mattos Nicoletti, V. (2019). A construção de um discurso de alteridade e o papel social do design por meio da disciplina “O Design Posto em Questão”. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 26(49), e146103. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.posfau.2019.146103
Seção
Artigos