Didáticas para análise urbana em área precária: um estudo na São Remo em São Paulo

Palavras-chave: Ensino, Pesquisa, Cartografia, Favela, São Remo

Resumo

O artigo apresenta experiência didática que articulou outras metodologias e disciplinas para leitura socioterritorial em favelas paulistas. A disciplina de pós-graduação procurou compreender as dinâmicas urbana e social da favela São Remo em São Paulo, relacionando sua formação histórica e a realidade atual. Diante das transformações das relações social e urbana das favelas paulistas nos últimos 20 anos, justifica-se a necessidade da experimentação de outras práticas didáticas de leitura e compreensão do território de intervenção. A formação de pesquisadores e projetistas aptos para outras formas de leitura nos levou a estudar a favela São Remo associando pesquisa teórica à vivência na comunidade. Os resultados, sintetizados em cartografias e diagramas, permitiram acesso claro a dados históricos, territoriais e sociais complexos da favela e foram ordenados em plataforma digital (site) para socializar o conhecimento além do âmbito acadêmico. Concluímos que a análise das áreas precárias necessita de um campo ampliado de leituras e reflexões capazes de contemplar a complexidade do lugar e seus habitantes, rompendo o estigma que aparta o entendimento de cidade na vida de bairros precários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ATHAYDE, Celso; MEIRELES, Renato. Um país chamado favela. Rio de Janeiro: Gente, 2014.

BARBON, Angela et al. Paraisópolis: aproximando-se ao mercado formal. In: CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DA LARES, 16., 2017, São Paulo. Anais […]. São Paulo: Lares, 2017.

BESSE, Jean-Marc. O gosto do mundo, exercícios de paisagem. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2015.

CANDIDO, Antonio. Na sala de aula: caderno de análise literária. São Paulo: Ática, 1985.

CARERI, Francesco. Walkscapes: o caminhar como prática estética. São Paulo: GG, 2013.

ESCOBAR, Arturo. Autonomía y diseño: la realización del comunal. Popayán: Universidad del Cauca, 2016.

FELTRAN, Gabriel. Fronteiras de tensão: um estudo sobre política e violência nas periferias de São Paulo. 2008. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

LEMOS, Carlos; SAMPAIO, Maria Ruth. Evolução formal da casa popular paulista. São Paulo: FAU-USP, 1978.

LEMOS, Carlos, SAMPAIO, Maria Ruth. Casas proletárias em São Paulo. São Paulo: FAU-USP, 1994.

LIMA, Adson. Oscilando entre o ser e o nada: a questão do espaço hodológico no pensamento de Sartre. Arquitextos, São Paulo, ano 10, n. 112.03, set. 2009. Não paginado. Disponível em: https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/10.112/24. Acesso em: 20 nov. 2019.

MAGNANI, José. De perto e de dentro: notas para uma etnografia urbana. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 17. n. 49, p. 12, 2002.

MARICATO, Ermínia. A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil Industrial. 2. ed. São Paulo: Alfa Omega, 1979.

MAUTNER, Yvonne. Mudança de rumo na moradia popular: da terra comprada à terra ocupada. In: ZUQUIM, Maria de Lourdes; MAZO, Liliana María Sánchez (org.). Barrios populares Medellín: favelas São Paulo. São Paulo: FAU-USP, 2017.

NAZARETH, Miguel Bustamante. Vila Nova Jaguaré entre favela, comunidade e bairro. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

PASTERNAK, Suzana; MAUTNER, Yvonne. Habitação da pobreza: alternativas de moradia popular em São Paulo. São Paulo: FAU-USP, 1982. (Cadernos de Estudos e Pesquisas 5).

PIGNATARI, Décio. Semiótica da arte e da arquitetura. São Paulo: Ateliê Editorial, 2004.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica, razão e emoção. São Paulo: Edusp, 1996.

SARTRE, Jean Paul. L'etre et le Néant. Paris: Gallimard, 1943.

Publicado
2019-12-19
Como Citar
Grinover, M., & Zuquim, M. (2019). Didáticas para análise urbana em área precária: um estudo na São Remo em São Paulo. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 26(49), e150617. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.posfau.2019.150617
Seção
Artigos