Políticas de reabilitação do patrimônio cultural urbano: avaliação da experiência dos órgãos de proteção histórica paulistanos

Palavras-chave: Planejamento Urbano e Regional, Políticas Públicas Urbanas, Patrimônio Cultural Urbano, Reabilitação Urbana, São Paulo

Resumo

Atualmente, um dos temas que mais se destaca na atuação prática e nas discussões teóricas entre arquitetos e urbanistas é o das políticas urbanas de reabilitação do patrimônio cultural. Este artigo procura analisar o resultado da implementação dessas políticas na cidade de São Paulo, a partir da análise da experiência prática dos seus órgãos de proteção, principalmente no que tange ao patrimônio arquitetônico-urbano. Para tanto, em primeiro lugar, busca definir o conceito de patrimônio cultural a partir da revisão teórica sobre o tema. Num segundo momento, analisa a evolução dessas políticas de sua reabilitação em alguns países do mundo e seus principais resultados, para depois aprofundar-se no estudo de caso. A partir da análise da atuação dos principais órgãos de proteção ao patrimônio cultural do município, o Departamento do Patrimônio Histórico e o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental Urbano de São Paulo, busca compreender os limites e as potencialidades da implementação dessa política no contexto paulistano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Alberto Cusce Nobre, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Arquiteto e Urbanista (1989), Doutor (2000) e Livre-Docente (2018) em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP), Mestre em Desenho Urbano (Master of Arts in Urban Design) pela Oxford Brookes University, Inglaterra (1994), Pós-Doutor em Planejamento Urbano e Regional pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPPUR/UFRJ)(2016). Atualmente é Professor Associado em tempo integral da FAUUSP das disciplinas de Planejamento Urbano e Regional, onde orienta alunos de graduação, iniciação científica, mestrado e doutorado, pesquisador do Núcleo de Apoio e Pesquisa: Produção e Linguagem do Ambiente Construído da USP (NAPPLAC/USP) e pesquisador associado do Laboratório de Habitação e Assentamentos Humanos (LabHab), ambos sediados na FAUUSP. Desenvolve pesquisa principalmente sobre os seguintes temas: planejamento urbano e regional, políticas públicas urbanas, processo de produção da cidade, legislação urbanística e impactos dos grandes projetos urbanos.

Publicado
2019-08-28
Como Citar
Nobre, E. A. (2019). Políticas de reabilitação do patrimônio cultural urbano: avaliação da experiência dos órgãos de proteção histórica paulistanos. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 26(48), e157942. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.posfau.2019.157942
Seção
Artigos