A cidade neo-capitalista de Lefebvre: mudam as formas, porém a essência permanece

Palavras-chave: Urbano, Cidade, Capitalismo, Desigualdade

Resumo

Este artigo faz uma breve a reflexão de como o capitalismo, através do urbanismo contemporâneo, constrói sua lógica de dominação na cidade neocapitalista a partir das reflexões de Lefebvre, principalmente aquelas apresentadas em sua obra O direito à cidade; que expõe o contínuo processo de eliminação das funções cívicas originais da cidade pré-capitalista, moldando o urbano contemporâneo através de uma visão de formação de cidades “lucrativas”, que competem em um teatro global de especulação, marginalização e desigualdade urbana. Em primeiro, será apresentado uma pequena parte da construção sobre a inovação do pensamento marxista, através do Capital de Karl Marx, e da obra Questão de Método de Jean-Paul Sartre. Após isso será realizado uma análise do pensamento lefebvriano, sobre a forma de dominação capitalista que é implementada pelos processos de urbanização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

HABERMAS, Jürgen. O discurso filosófico da modernidade. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

LEFEBVRE, Henri. A revolução urbana. Belo Horizonte. Editora UFMG. 1999.

LEFEBVRE, Henri. La production de l’espace. 4. ed. Paris: Anthropos, 2000.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. 4. ed. São Paulo: Centauro, 2006.

LEFEBVRE, Henri. Espaço e política. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política: livro 1: o processo de produção do capital. 13. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1990. v. 1.

REDE NOSSA SÃO PAULO. Mapa da desigualdade. São Paulo, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3dheDsq. Acesso em: 10 jun. 2020.

SARTRE, Jean-Paul. Questão de Método. 4. ed. São Paulo: Difel, 1979.

VIANA, Nildo. Sartre e o Marxismo. Filosofia Unisinos, São Leopoldo, v. 9, n. 2, p. 146-161, 2008.

Publicado
2020-07-13
Como Citar
Rodrigues, L. (2020). A cidade neo-capitalista de Lefebvre: mudam as formas, porém a essência permanece. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 27(50), e164056. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.posfau.2020.164056
Seção
Artigos