Resgate do protagonismo do desenhista industrial por meio da gestão do design

Autores

  • Luis Emiliano Costa Avendaño Ministério da Educação e Cultura; SETEC

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v0i17p34-45

Palavras-chave:

Design, gestão, inovação, estratégia

Resumo

A gestão do design aparece, nestes últimos anos, como a ferramenta de gerenciamento que falta para o designer recuperar o protagonismo no marco da nova tipologia das mutações de contexto produzidas nos fatores sociais, culturais, econômicos e tecnológicos e que afetam o desenvolvimento de produto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ACAR FILHO, Nelson. O marketing no projeto e desenvolvimento de novos produtos: O papel do desenhista industrial. São Paulo: FIESP / CIESP – Detec, 1997.

AVENDAÑO, Luis Emiliano Costa. Interação designer empresa no contexto estratégico do desenvolvimento do produto: Situação da pequena e média indústria moveleira do estado de São Paulo. 2003. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

BARBA, Eric. La excelencia en el proceso de desarrollo de nuevos productos. Barcelona, Espanha: Ediciones Gestión 2000, 1993.

BARROSO NETO, Eduardo; KOLLBRUNNER, Thomas; BROECK, Fabrice Vanden. Estratégia de design para os países periféricos. Brasília/DF: CNPq, 1981.

CHAVES, Norberto. El oficio de diseñar: Propuestas a la conciencia crítica de los que comienzan. Barcelona – Espanha: Gustavo Gili, 2001.

GARIBE FILHO, Roberto Nami. As iniciativas de promoção do desenvolvimento econômico local: O caso da região italiana da Emilia Romanha. 1999. Dissertação (Mestrado) – Fundação Getúlio Vargas /EAESP, São Paulo, 1999.

GIMENO, José Maria Iváñez. La gestión del diseño en la empresa. Madri – Espanha: McGraw-Hill. 2000. (Série McGraw-Hill de Management).

KELLEY, Tom; LITTMAN, Jonathan. The art of innovation. Nova York: Doubleday, 2001.

MAGALHÃES, Cláudio F. de. Design estratégico: Integração e ação do design industrial dentro das empresas. Rio de Janeiro: SENAI/CETIQT, 1997.

MALDONADO, Tomás. El diseño industrial reconsiderado. Barcelona – Espanha: Gustavo Gili, 1977.

PASCHOARELLI, Luis Carlos; VENTURA, Alessandro; AVENDAÑO, Luis Emiliano Costa. O conhecer e a prática do design: Algumas considerações sobre metodologia do projeto. In: P&D Design 98. AEnDBR.

ESTUDOS EM DESIGN. 1998. Rio de Janeiro. Anais. Rio de Janeiro, vol. I, out. 1998, p. 403.

PUERTO, Henry Benavides. Design e inovação tecnológica. Salvador – BA: Instituto Euvaldo Lodi/IEL/Programa Bahia Design, 1999.

SANTOS, Flávio Anthero dos. O design como diferencial competitivo. Itajaí–SC: Edit. da Univali, 2000.

WHITELY, Nigel. O design valorizado. Edição Arcos. Design, cultura material e visualidade. Rio de

Janeiro: Contra Capa Editora Ltda., v. 1, p. 63, out. 1998.

WOILER, S.; MATHIAS, W. F. Projetos: Planejamento, elaboração e análise. São Paulo: Atlas, 1982.

WOLF, Brigitte. Gestão do design: O design management como fator de sucesso. Florianópolis/SC: Publicação ABIPTI, 1998.

Downloads

Publicado

2005-06-01

Como Citar

Avendaño, L. E. C. (2005). Resgate do protagonismo do desenhista industrial por meio da gestão do design. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, (17), 34-45. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v0i17p34-45

Edição

Seção

Artigos