Durma-se com um barulho destes: acústica e ambiente terapêutico

Autores

  • Maria Regina Clemesha Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v0i18p60-75

Palavras-chave:

Arquitetura hospitalar, acústica, barulho, psicologia do ambiente construído, dormir

Resumo

O mais primitivo dentre os usos do ambiente construído, o sono tem enorme importância para a saúde. É um ato instintivo, sem dúvida regenerador, mas cujos mecanismos ainda são controversos. Ele pode ser comprometido por condições tanto de saúde como ambientais. Nos Estabelecimentos Assistenciais de Saúde (EAS), o barulho, hoje, revela-se como um problema (de saúde) bem maior do que imaginam médicos ou arquitetos em geral. Instalações físicas e comportamento contribuem para minar a qualidade do ambiente e do sono. A proposição do ambiente terapêutico sugere que podemos não apenas"não fazer mal" ao usuário de ambientes, como podemos contribuir, positivamente, para a recuperação de pacientes e a produtividade de funcionários. Conseqüentemente, devemos repensar a funcionalidade. Para o exercício de olhar um problema sob duas perspectivas complementares, elegemos um aspecto do espaço e um uso: acústica e dormir. Procuramos reunir evidências e contribuir para a compreensão do real valor da qualidade acústica e do bom sono, além de descrever aquele que seria o bom ambiente para se dormir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BECKER, Franklin. Scientists don’t make decisions without checking the research data. Why should designers consider themselves exempt? Perspective, Good Medicine, Inv, 1999.

CLEMESHA, Maria Regina. A nova imagem do hospital, subsídios e diretrizes de projeto. 2003. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2003.

CLEMESHA, Maria Regina. Arquitetura hospitalar. São Paulo: Faculdades Integradas Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa, s. n., 2001, 2002 e 2003.

CLEMESHA, Maria Regina. Gestão de recursos físicos. São Paulo: Centro Universitário São Camilo, s. n., 2003.

CLEMESHA, Maria Regina; FAGGIN, Carlos A. M. Arquitetura e trabalho: O hospital que funciona. Mundo da Saúde, p. 199-208, abr./jun., 2004.

EVANS, Gary W. Environmental stress and health. In: BAUM, Andrew et al. Handbook of health psychology. Londres: Lawrence Earlebaum Associates, Publishers, 2001.

EVANS, Gary W.; KANTROWITZ, Elyse. Socioeconomic status and health: The potential role of environmental risk exposure. Annual Review of Public Health, n. 23, p. 303-331, 2002.

EVANS, Gary W.; McCOY, Janetta M. When buildings don’t work: The role of architecture in human health. Journal of Environmental Psychology, n. 18, p. 85-94, 1998.

HOSKING, S.; HAGGARD, L. Healing the hospital environment/ design, management and maintenance of healthcare premisses. Londres: E & FN Spon, 1999.

LAWTON, Graham. To sleep, perchance to dream. NewScientist, 28 jun. 2003.

MALKIN, Jain. In harmony with nature’s blueprint: A new path to healing environments. Disponível em: www.jainmalkin.com/about_the_firm/articles. Acesso em: 2000.

MARU – Medical Architecture Unit, South Bank University. Londres, Primer: Evaluation Studies, 2002.

ÖZTURK, L. et al. Effects of 48 hours sleep deprivation on human immune profile. Sleep Research Online, v. 2, n. 4, XX-XX, p. 1096-214X, 1999.

PIMENTEL-SOUZA, Fernando. Perturbação do sono pelo ruído. Texto eletrônico online no site “Saúde Mental”. Minas Gerais: Laboratório de Psicofisiologia da UFMG, 2004.

RUBIN, Haya R.; OWENS, A. J.; GOLDEN, G. Status report: An investigation to determine whether the built environment affects patients’ medical outcomes. Martinez: The Center for Health Design, 1998.

ULRICH, Roger S. Appendix 1 – Workshop report in relatório online: NHS Estates. Exploring the Patient Environment – an NHS workshop, 2003.

ULRICH, Roger S. Evidence based environmental design for improving medical outcomes: Environmental research and critical care. ICU 2010: Design for the future. In: HEALTHCARE IN THE 21ST CENTURY. 2000. Houston, Paper. Houston: DK Hamilton Ed., 2000.

ULRICH, Roger S. How design impacts wellness. Healthcare Forum Journal, Citizens for a Scenic Florida, Florida, set./out., 1992.

ULRICH, Roger S. Visual landscapes and psychological well-being. Landscapes Research, n. 4, p. 17-23. 1979.

VISCONTI, Maria Giselda Cardoso. Programação de projetos hospitalares. 1999. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo. São Paulo, 1999.

Downloads

Publicado

2005-12-01

Como Citar

Clemesha, M. R. (2005). Durma-se com um barulho destes: acústica e ambiente terapêutico. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, (18), 60-75. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v0i18p60-75

Edição

Seção

Artigos