Parque pinheirinho d’água; a luta por reconhecimento e visibilidade

  • Caio Boucinhas Faculdades Integradas Alcântara Machado. Faculdade de Artes Alcântara Machado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Boucinhas, Faculdades Integradas Alcântara Machado. Faculdade de Artes Alcântara Machado.
Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela universidade Federal de Minas Gerais e doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Foi secretário de Obras e Transportes da Prefeitura de Osasco, diretor técnico da Cohab-SP e diretor do Depave da PMSP, professor visitante no Prourb da UFRJ e professor convidado na FAUUSP. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, é pesquisador do Laboratório de Habitação e Assentamentos Humanos (LabHab FAUUSP) e professor da FiamFaam.

Referências

PALLAMIM, Vera. Espaço Público: o conceito e o político. Espaço e debates – Revista de Estudos Regionais e Urbanos, vol. 25, nº 46, Julho de 2004.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. 1. Artes de fazer. Petrópolis, Vozes, 1996.

QUEIROGA, Eugenio Fernandes. Dimensões públicas do espaço contemporâneo – resistências e transformações de territórios, paisagens e lugares urbanos brasileiros. Tese de livre Docência, FAUUSP, 2013.

SANTOS, Boaventura Sousa. Pela mão de Alice – o social e o político na pós-modernidade, São Paulo, Editora Cortez, 2001.

PEREIRA LEITE, M. A. F. Uma história de movimentos, in Santos, M. e Silveira, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI, São Paulo, Record, 2001.

Publicado
2013-06-26
Como Citar
Boucinhas, C. (2013). Parque pinheirinho d’água; a luta por reconhecimento e visibilidade. Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 20(33), 12-34. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v20i33p12-34
Seção
Depoimentos