Estudo bibliométrico da produção sobre a Guerra do Paraguai

Palavras-chave: Guerra do Paraguai, Bibliometria, Brasil, Bacia do Prata

Resumo

Objetivo deste artigo é analisar a produção científica sobre a Guerra do Paraguai (1864-1870) no período de 1988 até 2017, representada pelos artigos científicos indexados nas seguintes bases de dados: Web of Science SciVerse Scopus e ScienceDirect. A metodologia de estudo utilizada é quali-quantitativa por meio da bibliometria e a análise dos conteúdos encontrados como principais ferramentas encontradas. Os indicadores bibliométricos permitiram traçar a evolução da atual literatura no tocante a Guerra do Paraguai, além de apontar as áreas de estudo com maior produção científica, universidades e periódicos que mais publicaram trabalhos sobre o conflito. Além disso, foi possível observar que são os assuntos mais abordados pela atual literatura através da análise de conteúdo dos resultados da base de dados Scopus

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milena Magalhães Oliveira, Universidade Federal de Rondonópolis

 Docente do Departamento de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Políticas da Universidade de Rondonópolis, Mestre em Ciências pelo Programa de Pós Graduação de Integração da América Latina, linha de pesquisa Sociedade, Economia e Estado. E-mail: milena.magalhaes@ufr.edu.br

 

 

Referências

AGUIA-USP. Indicadores de pesquisa. Disponível em: https://www.aguia.usp.br/apoio-pesquisador/indicadores-pesquisa/incites/. Acesso em 20.jun.2020.

DORATIOTO, Francisco. Maldita Guerra; nova história da Guerra do Paraguai. São

Paulo: Companhia das Letras, 2002. ISBN: 85-359-0224-4.

CHIAVENATO, Júlio José. Genocídio americano: a guerra do Paraguai. São Paulo: Brasiliense, 1979.

ELSEVIER, Science Publishers B. V. Science Direct. Disponível em: https://www.elsevier.com/pt-br/solutions/sciencedirect. Acesso em: 02.out.2017.

GUEDES, V; BORSCHIVER, S. Bibliometria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação científica e tecnológica. Disponível em: http://www.cinform-anteriores.ufba.br/vi_anais/docs/VaniaLSGuedes.pdf. Acesso em: 25. nov.2017.

HULME, E. W. Statistical bibliography in relation to the growth of modem civilization. London, University of Cambridge in May 1922. Nature 112, 585–586, 1923. https://doi.org/10.1038/112585a0..

MARCELO, J.F., HAYASHI, M.C. Estudo bibliométrico sobre a produção científica da área da sociologia da ciência. Informação & Informação, Londrina, v. 18, p.138-153, Ed. 3, 2013. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/8413/pdf_2. Acesso em: 26.nov.2017.

MOMESSO, A.; NORONHA, D. Bibliométrie ou Bibliometrics: o que há por trás de um termo?. Perspectivas em Ciência da Informação, v.22, n.2, p.118-124, abr./jun. 2017. https://doi.org/10.1590/1981-5344/2831.

PRICE, D J. De Solla. Networks of scientific papers. Science, [s.l.], v. 149, n.3683, p. 56-64, July 1965. Disponível em: http://garfield.library.upenn.edu/papers/pricenetworks1965.pdf. Acesso: 02. mai. 2020.

PRITCHARD, A. Statistical bibliography or bibliometrics? Journal of Documentation, [s. l.], v. 25, n.4, p. 348-349, Dec. 1969.

TAUNAY, Visconde. A retirada da Laguna. Rio de Janeiro: ed. do Exercito. 1959. Disponível em: https://cs.ufgd.edu.br/download/A%20Retirada%20da%20Laguna%20-%20Visconde%20de%20Taunay.pdf. Acesso em: 02.mai.2020.

WORMELL, I. The international impact of scientific journals – how international are the international journals?: geographical distribution of authors, citations and subscriptions measured for seven selected LIS journals. Copenhagen: Royal School of Library and Information Studies, 1998. 40 p.)

ZENG, R.; CHINI, A.A review of research on embodied energy of buildings using bibliometric analysis. Energy and Buildings, 155, p. 172–184, 2017. Disponível em: https://www.semanticscholar.org/paper/A-review-of-research-on-embodied-energy-of-using-Zeng-Chini/ed4135dbcbc071d30b401d9173ec1d50fe189f7a. Acesso em: 02.mai.2020.

Publicado
2020-07-01
Como Citar
Oliveira, M. M. (2020). Estudo bibliométrico da produção sobre a Guerra do Paraguai. Brazilian Journal of Latin American Studies, 19(36), 210-233. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2020.167072
Seção
Artigos