Brazilian Journal of Latin American Studies http://www.revistas.usp.br/prolam <p>A <strong><em>Brazilian Journal of Latin American Studies </em></strong><em>(Revista Cadernos Prolam/USP)</em> é uma revista científica especializada em difundir conclusões de pesquisa, análises e interpretações, bem como pensamento e teorias sobre a América Latina. Criada em 2002, pelo Programa de Pós-graduação Integração da América Latina (PROLAM/USP), desde sua criação é uma revista voltada para autores e público de nível de pós-graduação. Na fase inicial o foco das publicações da <strong>BJLAS</strong>&nbsp;era as relações internacionais. Com o passar dos anos, o periódico ampliou seu universo disciplinar e temático, e hoje publica trabalhos nos diversos campos das humanidades, artes e ciências sociais.</p> <p>Assim, tem como eixo organizador incluir temáticas (a) de impacto regional para a América Latina ou (b) trabalhos com metodologias comparativas sobre dois ou mais países deste continente.</p> <p>Considera-se que os manuscritos devem contribuir de modo significativo ao avanço do conhecimento científico em temáticas sensíveis à América Latina, por este motivo, as propostas publicadas são elaboradas por autores com nível de pós-graduação. As problemáticas que tratam de América Latina exigem perspectivas transdisciplinares com abordagens sobre tópicos transversais em questões sociais, políticas, econômicas, jurídicas, históricas, culturais, artísticas, de comunicação social.</p> <p>Finalmente, a <strong>BJLAS</strong> tem interesse em divulgar resenhas de livros recentemente publicados ou de obras de grande relevância para a região, como clássicos do pensamento latino-americano, e aceita também críticas de arte ou ensaios de qualidade.</p> pt-BR <p>A&nbsp;&nbsp;<strong><em>BJLAS&nbsp;</em></strong>adota a política de Acesso Livre (<em>Libre Open Access</em>), sob o acordo padrão&nbsp;<em>Creative Commons</em>&nbsp;(<a href="https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/legalcode">CC BY-NC-ND 4.0</a>).&nbsp; O acordo prevê que:</p> <ul> <li>A submissão de texto autoriza sua publicação e implica compromisso de que o mesmo material não esteja sendo submetido a outro periódico. O original é considerado definitivo;</li> <li>Autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença&nbsp;<a href="https://creativecommons.org/"><em>Creative Commons Attribution</em></a>&nbsp;que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista;</li> <li>Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com necessário reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista;</li> <li>Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais, repositórios específicos, ou na sua página pessoal) após o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja&nbsp;<a href="http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html">O Efeito do Acesso Livre</a>).&nbsp;</li> <li>O detentor dos direitos autorais da revista, exceto os já acordados no acordo de&nbsp;<em>Libre Open Access&nbsp;</em>(CC BY-NC-ND 4.0), é o Programa de Pós-graduação Integração da América Latina.</li> </ul> <p><a href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/" rel="license"><img style="border-width: 0;" src="https://i.creativecommons.org/l/by-nc/4.0/88x31.png" alt="Creative Commons License"></a><br><br></p> prolamjournal@usp.br (Vivian Grace Fernandez-Davila Urquidi) prolamjournal@usp.br (Bruno Massola Moda) Qua, 01 Jul 2020 19:03:25 -0300 OJS 3.1.1.2 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Carta às leitoras e aos leitores http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/171880 Vivian Urquidi, Maria Cristina Cacciamali ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/171880 Qua, 01 Jul 2020 00:00:00 -0300 O contexto político da produção de Ignacio Martín-Baró http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167973 <p><span style="font-weight: 400;">Desde a década de 1970 a obra de Ignacio Martín-Baró pode ser considerada um ponto de inflexão no pensamento social latino-americano, com destaque para o campo da psicologia. Sob forte influência de autores ligados à discussão de Libertação Nacional em todos os rincões da América Latina, os escritos de Martín-Baró, foram formulados mediante o ascenso da guerra civil na América Central e da luta pela redemocratização na América do Sul. É nesse sentido que o presente artigo, a partir do método do materialismo histórico e dialético, busca apresentar os postulados do intelectual espanhol por meio das bases materiais e dos debates políticos vinculados a um contexto histórico que determinaram o desenvolvimento, e sobretudo, a radicalização de seus pressupostos. Assim, a obra de Martín-Baró é apresentada ao leitor como uma obra inalienável à situação conjuntural-estrutural da realidade objetiva da América Latina, durante as décadas de 1970 e 1980, sendo seu pensamento parte da crítica de Libertação Nacional que marcou o debate político das organizações populares e partidários naquele período.</span></p> <p>&nbsp;</p> Gisele Costa, Marilene Proença Rebello de Souza ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167973 Qua, 01 Jul 2020 00:00:00 -0300 Contribuições para uma perspectiva transdisciplinar da Universidade Pública em Abya Yala http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/164816 <p><span style="font-weight: 400;">No contexto da crise de civilização pela qual a região está passando atualmente, fazemos uma reflexão crítica sobre: o significado e o papel da universidade pública, às formas racionalistas predominantes na construção do conhecimento, assim como a relevância da universidade no contexto das sociedades colonizadas, fragmentadas e excludentes. Neste campo de discussão, surge a necessidade de uma profunda transformação epistemológica, ética e política da universidade pública, colocando-a como uma instância de educação capaz de gerar outras epistemes, sustentadas no diálogo e na ecologia de saberes.&nbsp; A perspectiva transdisciplinar é explorada como uma ferramenta metodológica para empreender novas formas de gerar conhecimento para a justiça cognitiva, social e cultural. Compartilha-se um projeto de formação e pesquisa através do qual visa gerar formas colaborativas de criação de conhecimento e ação da universidade. Conhecimento, arte, território e comunidade são categorias centrais que têm delineado o sentido e a postura ético-política de projetos concretos desenvolvidos a partir da práxis transdisciplinar, que transcendem as formas de conhecimento cristalizadas e detonam processos participativos, do diálogo intercultural, criando experiências de resistência para ser y fazer comunidade em contextos glocais específicos.</span></p> Maria Cristina Nunez Madrazo, Isabel Castillo Cervantes ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/164816 Qua, 01 Jul 2020 00:00:00 -0300 Perspectivas desde o Sul Global http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167981 <p><span style="font-weight: 400;">Este artigo tem como objetivo realizar um estudo do currículo do Ciclo Comum de Estudos da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), à luz de uma perspectiva crítico-emancipatória. Ao tomar como base a proposta da Universidade em se voltar para uma integração latino-americana e caribenha, bem como em oferecer uma proposta pedagógica fomentada pela enunciação de conhecimentos que foram historicamente marginalizados pela cultura eurocêntrica, a pesquisa se orienta por articular essa ideia a uma proposta de internacionalização da educação superior, a partir de uma visão contra-hegemônica e descolonial desse processo. A análise curricular do Ciclo Comum de Estudos visa demonstrar e discutir de que maneira esse currículo foi pensado, considerando tanto a questão identitária latino-americana, assim como a internacionalização universitária calcada nos termos da cooperação, da integração e da solidariedade.</span></p> Patrícia Hehs Spencer de Paula ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167981 Qua, 01 Jul 2020 16:54:10 -0300 A participação de organizações educacionais em processos de reforma educacional na América Latina (1990-2010) http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/161717 <p><span style="font-weight: 400;">Este trabalho questiona a influência das organizações de professores no desenvolvimento de reformas educacionais na Argentina, Brasil, Chile e México; países que compartilham as semelhanças da matriz socioeconômica e cultural da América Latina. A análise também coloca esses processos no quadro da abertura democrática que a região experimentou desde os anos oitenta do século passado até sua consolidação, na primeira década do século XXI. Para explicar as posições e estratégias de atuação política das organizações de professores em face das reformas educacionais, utilizou-se uma metodologia qualitativa, apoiada pelos seguintes métodos e abordagens: teoria dos sistemas gerais, abordagem de políticas públicas e estudos comparativos em ciências sociais. Por fim, como técnica, utilizou-se a análise documental, que se baseou no uso de dados e de raciocínios causais. Como resultado, o presente trabalho foi capaz de identificar uma estreita relação entre os processos de democratização política e reforma educacional, como determinantes de diferentes rotas para a profissionalização do magistério com base nas estratégias de ação dessa guilda, cujo peso político foi muito fortalecido durante o período analisado.</span></p> José Humberto Trejo Catlán ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/161717 Qua, 01 Jul 2020 00:00:00 -0300 Brasil e Argentina http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167978 <p class="western" align="justify"><span style="font-weight: 400;">Na América Latina, países são acometidos pelo fenômeno das estiagens e são compostos por áreas semiáridas, como são os casos do Brasil e da Argentina. Respectivamente no Ceará (nordeste brasileiro) e em Santiago del Estero (noroeste argentino) a seca perpassa a história dessas regiões ao longo dos séculos. Para este trabalho, pretende-se analisar os discursos em torno das secas que ocorreram no Ceará e em Santiago del Estero na década de 1930, sob a ótica da imprensa das capitais nacionais. Especificamente analisaremos as narrativas do </span><em><span style="font-weight: 400;">Correio da Manhã,</span></em><span style="font-weight: 400;"> do Rio de Janeiro</span><em><span style="font-weight: 400;">,</span></em><span style="font-weight: 400;"> para o caso cearense, e do jornal </span><em><span style="font-weight: 400;">El Mundo, </span></em><span style="font-weight: 400;">de Buenos Aires, para o caso de Santiago del Estero. Interessa-nos, particularmente, compreender como ainda na década de 1930 na América Latina, tendo como enfoque uma história regional, os discursos sobre as áreas do interior vinculavam-se às ideias de progresso e de modernidade que estiveram no bojo da imagem de nação cunhada no século XIX, e que deixaram grande vestígio no século XX. Assim, propomos refletir como os discursos constroem percepções do social e são legitimadores, sobretudo, de domínio e poder político.</span></p> Leda Agnes Simões de Melo ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167978 Qua, 01 Jul 2020 17:17:41 -0300 Venezuela http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167549 <p><span style="font-weight: 400;">A través del análisis de fuentes primarias y secundarias, el artículo analiza cómo la influencia política y económica puede interferir en las decisiones de contribuir de manera humanitaria a un país. Aquí analizamos la situación reciente en Venezuela, con millones de ciudadanos que emigran en busca de mejores condiciones de supervivencia. El apoyo económico y político de los aliados, así como el discurso alarmante de los opositores, no resuelven efectivamente la situación de los inmigrantes o refugiados. La situación del país también se aborda en disputas electorales de otras naciones, con un intento de vincular los problemas de la República Bolivariana con los partidos políticos. El estudio analiza la corriente política de Venezuela y el pasado institucional de la república y se aborda cómo la interferencia política define si la ayuda humanitaria se llevará a cabo o no.</span></p> Diogo Cavazotti Aires ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167549 Qua, 01 Jul 2020 17:29:49 -0300 “Brachilenos” e outros casos http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/168319 <p><span style="font-weight: 400;">Esta pesquisa tem como finalidade explorar e descrever aspectos da imigração brasileira para Santiago do Chile a partir da década de 1970 até a atualidade. Dentro das análises disponíveis sobre o fenômeno migratório, o recorte dado é com imigrantes que possuem laços parentais ou tenham relações afetivas estáveis com cidadãos chilenos. O objetivo é entender as características desse tipo de migração por meio do relato das experiências dos próprios sujeitos migrantes, na perspectiva de dar voz às suas problemáticas. São incorporados na análise também&nbsp; casos de descendentes de brasileiros que foram perseguidos e presos pela ditadura militar chilena. A pesquisa é qualitativa, com método bola de neve, com observação participante e entrevistas no modelo de relato de vida. No desenvolvimento teórico é apresentada revisão de literatura dos estudos migratórios abordando temas como identidades nacionais, feminização das migrações e discriminação racial.</span></p> Iuri Pieroni de Lima ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/168319 Qua, 01 Jul 2020 17:35:09 -0300 A cooperação firmada por autoridades policiais e a inovação social para a solução de conflitos fronteiriços http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/168426 <p><span style="font-weight: 400;">O interesse da pesquisa teórica bibliográfica delimita-se no estudo de acordos de cooperação firmados por autoridades policiais em países integrantes do MERCOSUL, quanto ao uso da inovação social em medidas de segurança pública na solução de conflito nas fronteiras, tomando como parâmetro o caso do assalto à corretora de valores Prosegur do Paraguai, no ano de 2017. Foi verificado que a cooperação entre entidades policiais serviu como um importante auxílio no combate ao crime organizado e na maior agilidade do controle transfronteiriço. Além disso, constatou-se que a inovação na área pode ser realizada com êxito nos serviços públicos já consolidados, não apenas na criação de novos modelos como também na implementação e avaliação permanente e articulada de políticas públicas nacionais e acordos internacionais. Tais constatações evidenciam o quanto o serviço público ainda pode ser ampliado, preenchendo lacunas e melhorando a segurança à população, como direito fundamental e universal. </span></p> Michele Vanessa Werner, Marli Renate von Borstel Roesler ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/168426 Qua, 01 Jul 2020 17:48:23 -0300 Estudo bibliométrico da produção sobre a Guerra do Paraguai http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167072 <p><span style="font-weight: 400;">Objetivo deste artigo é analisar a produção científica sobre a Guerra do Paraguai (1864-1870) no período de 1988 até 2017, representada pelos artigos científicos indexados nas seguintes bases de dados: Web of Science SciVerse Scopus e ScienceDirect. A metodologia de estudo utilizada é quali-quantitativa por meio da bibliometria e a análise dos conteúdos encontrados como principais ferramentas encontradas. Os indicadores bibliométricos permitiram traçar a evolução da atual literatura no tocante a Guerra do Paraguai, além de apontar as áreas de estudo com maior produção científica, universidades e periódicos que mais publicaram trabalhos sobre o conflito. Além disso, foi possível observar que são os assuntos mais abordados pela atual literatura através da análise de conteúdo dos resultados da base de dados </span><em><span style="font-weight: 400;">Scopus</span></em></p> Milena Magalhães Oliveira ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/167072 Qua, 01 Jul 2020 17:55:22 -0300 Como entender o descolonial? Releitura de Ch’ixinakax utxiwa. Una reflexión sobre prácticas y discursos descolonizadores http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/165601 <p><span style="font-weight: 400;">Em Ch’ixinakax utxiwa. Una reflexión sobre prácticas y discursos descolonizadores (Tinta Limón, Buenos Aires, 2010), Silvia Rivera Cusicanqui (La Paz, Bolívia, 1949), realiza uma análise crítica descolonizadora do social a partir de noções e conceitos do mundo andino. O livro é organizado em três partes ou capítulos, El otro bicentenario; Sociología de la Imagen. Una visión desde la historia colonial andina; e Ch´ixinakax utxiwa. Una reflexión sobre prácticas y discursos descolonizadores. A análise crítica que propõe a autora, parte da compreensão e reivindicação da concepção indígena do mundo. O livro assume como noção central o ch’ixi, conceito aymara que é a base para o desenvolvimento das críticas e propostas de descolonização. Estas se revelam em, ao menos, dois caminhos. Por um lado, as críticas aos modos ocidentais de construção da história andina e, por outro, as estratégias do discurso multicultural</span><span style="font-weight: 400;">.</span></p> Corina Demarchi Villalón, Iván David Sanabria-González ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 http://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/165601 Qua, 01 Jul 2020 18:02:28 -0300