O fenômeno da imagem em psicologia social: algumas configurações

  • Arley Andriolo Universidade de São Paulo; Instituto de Psicologia; Departamento de Psicologia Social e do Trabalho
Palavras-chave: psicologia social da imagem, psicologia e estética, percepção, iconologia, fenomenologia

Resumo

Neste artigo, o método iconológico foi revisado em uma abordagem fenomenológica. O eixo dessa compreensão foi estabelecido por uma série de imagens da Igreja de São Francisco de Assis (Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil). Esse eixo torna possível observar a questão dos significados em relação ao tempo histórico e ao espaço social. Ao final, propõe-se o domínio da imagem em psicologia social como o estudo dos processos sociais nos quais a imagem não é apenas uma coisa físico-química, mas a mediação entre o objeto icônico, o corpo e a imagem mental dos observadores, em um contexto social e histórico. O resultado dessa reflexão indica duas sínteses preliminares em torno do conceito de mimesis e a participação do corpo, ambos articulados pela experiência estética.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-01-01
Como Citar
Andriolo, A. (2018). O fenômeno da imagem em psicologia social: algumas configurações. Psicologia USP, 29(1), 19-30. https://doi.org/10.1590/0103-656420160152
Seção
Artigos Originais