Formação da personalidade autêntica e corporeidade à luz de Edith Stein

  • Achilles Gonçalves Coelho Júnior Faculdades Integradas Pitágoras, Curso de Psicologia
  • Cristiano Roque Antunes Barreira Universidade de São Paulo, Escola de Educação Física e Esportes. Ribeirão Preto
Palavras-chave: autenticidade, formação, individuação, fenomenologia, Edith Stein

Resumo

Considerando que o tema da autenticidade tem se tornado um importante referencial ético da sociedade contemporânea, discutimos neste trabalho as contribuições de Edith Stein para a compreensão do processo de formação da personalidade autêntica, com especial atenção à maneira como a corporeidade participa dessa dinâmica. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, em que examinamos alguns textos steinianos que abordam diretamente o tema da estrutura da pessoa e seu processo formativo, especialmente O problema da empatia, Sobre a ideia de formação e Potência e ato, respectivamente com originais dos anos de 1917, 1930 e 1931. Discutido como processo de formação da personalidade e como princípio de individuação, Stein acentua a necessidade de considerarmos a pessoa em ato, como meio de conhecermos sua autêntica individualidade, mesmo havendo limites para esse conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-31
Como Citar
Coelho Júnior, A., & Barreira, C. (2018). Formação da personalidade autêntica e corporeidade à luz de Edith Stein. Psicologia USP, 29(3), 345-353. https://doi.org/10.1590/0103-656420180136
Seção
Artigos Originais