Ativação emocional em sujeitos humanos

procedimentos para a indução experimental de estresse

Palavras-chave: estresse, cortisol, ativação emocional, cognição, comportamento

Resumo

O estudo dos efeitos do estresse sobre a cognição e o comportamento é uma área de especial interesse e desenvolvimento investigativo tanto para a psicologia como para as neurociências. A introdução de estresse constitui um elemento fundamental nestes estudos, pois permite a manipulação desta forma de ativação emocional como variável independente, para observar o seu efeito sobre o comportamento; porém, esta indução deve ser suficiente para gerar incrementos significativos nos níveis de cortisol e ao mesmo tempo cumprir os padrões éticos estabelecidos para a experimentação com humanos. O presente artigo tem como propósito aportar uma revisão geral sobre a ativação emocional, para afundar nos procedimentos utilizados na indução experimental de estresse em sujeitos humanos. Conclui-se que é requerido a elaboração de protocolos mais eficientes, e para tal, o uso de simulações e outras ferramentas tecnológicas pode ser de grande utilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-08-23
Como Citar
Ferreira, S. (2019). Ativação emocional em sujeitos humanos. Psicologia USP, 30, e180176. https://doi.org/10.1590/0103-6564e20180176
Seção
Artigos