Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Quatro notas sobre as classes sociais nos dez anos do lulismo

André Singer

Resumo


O artigo pretende contribuir para a formulação de hipóteses explicativas sobre algumas das mudanças na estrutura de classes ocorridas durante a década lulista (2003-2013). A melhora nas condições de vida por parte de cerca de 40 milhões de brasileiros acarretou uma reconfiguração em diversos pontos da sociedade. Desde o alívio na condição de sobrevivência do subproletariado, até o surgimento de uma pequena nova classe média, passando pela emergência de um vasto subproletariado, uma variedade de transformações atingiu, sobretudo, as camadas populares. O artigo busca apresentar interpretações iniciais a respeito destes diversos fenômenos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0103-6564D20140012

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Psicologia USP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.