Uma ciência triste é aquela em que não se dança. Conversações com Isabelle Stengers

  • Jamille Pinheiro Dias Universidade de São Paulo
  • Marina Vanzolini Universidade de São Paulo
  • Renato Sztutman Universidade de São Paulo
  • Stelio Marras Universidade de São Paulo
  • Maria Borba Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas Rio de Janeiro, RJ
  • Salvador Schavelzon Universidade Federal de São Paulo

Resumo

Uma ciência triste é aquela em que não se dança. Conversações com Isabelle Stengers

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-10-14
Como Citar
Pinheiro Dias, J., Vanzolini, M., Sztutman, R., Marras, S., Borba, M., & Schavelzon, S. (2016). Uma ciência triste é aquela em que não se dança. Conversações com Isabelle Stengers. Revista De Antropologia, 59(2), 155-186. https://doi.org/10.11606/2179-0892.ra.2016.121937
Seção
Entrevista