Psicologia e ideologia de gênero

Tensões e conflitos em torno da Resolução 01/99

Palavras-chave: Psicologia, ideologia de gênero, cura gay, código de ética

Resumo

Este ensaio promove uma análise sobre “ideologia de gênero” e sua articulação com o debate sobre as atuações psi frente às demandas sociais atuais em relação à diversidade sexual e de gênero. Tomando alguns debates públicos realizados no legislativo e judiciário a respeito da Resolução 01/99 do Conselho Federal de Psicologia (CFP), busca-se refletir sobre uma rede heterogênea de correlação de forças que passa a apresentar argumentos seculares e democráticos no debate sobre a readequação de gênero e sexualidade. Parte-se da perspectiva foucaultiana de estratégias e táticas discursivas que compõem as tecnologias de poder, pensando as transformações no dispositivo da sexualidade, na medida em que o embate passa a acontecer utilizando-se a linguagem jurídico-legal, articulando leis, conhecimentos científicos e cosmologias religiosas na produção de novas formas de atuação política em torno do que se chama “cura gay”.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-19
Como Citar
Maia, Gabriela, e Maria Luiza Machado. 2019. Psicologia E Ideologia De Gênero. Revista De Antropologia 62 (3), 558 -83. https://doi.org/10.11606/2179-0892.ra.2019.165235.
Seção
Artigos