O selvagem e a História. Heródoto e a questão do Outro

Autores

  • Klaas Woortmann Universidade de Brasília; Departamento de Antropologia

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0034-77012000000100002

Palavras-chave:

selva, pensamento gr, histó, ci, Heród, particu, eve, mitolo, bárba

Resumo

O artigo procura examinar os limites impostos pela teoria da história no pensamento grego para a compreensão da alteridade. Tal teoria, fundada na oposição entre epistéme e doxa, minimiza o significado do particular e do evento em seu significado próprio, tornando difícil o desenvolvimento de uma etnografia. Nesse contexto de idéias, é dada particular ênfase ao papel desempenhado pelos citas, percebidos como "selvagens", na História de Heródoto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2000-01-01

Como Citar

Woortmann, K. (2000). O selvagem e a História. Heródoto e a questão do Outro. Revista De Antropologia, 43(1), 13-59. https://doi.org/10.1590/S0034-77012000000100002

Edição

Seção

Artigos