Crônica de uma morte anunciada: do suicídio entre os Sorowaha

Autores

  • João Dal Poz Universidade Federal de Mato Grosso; Departamento de Ciências Sociais

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0034-77012000000100004

Palavras-chave:

Sorow, Ar, etnologia sul-americ, mo, suicí, indiví

Resumo

A prática de suicídio nos Sorowaha, povo de língua Arawa do médio Purus (AM, Brasil), através da ingestão do sumo da raiz de timbó (konaha), mediatiza singularmente as relações entre os indivíduos e a sociedade, projetando uma totalidade social às expensas de um drama ritual individualizador. A relevância do fenômeno é evidenciada tanto pelas taxas de mortalidade que ali se verificam, cerca de cem vezes as médias ocidentais, como também pela inusitada freqüência com que as tentativas, por motivos os mais variados, ocorrem entre eles. O presente ensaio procura examinar as variáveis sociológicas desse padrão de morte voluntária, para em seguida discutir outras dimensões analíticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2000-01-01

Como Citar

Poz, J. D. (2000). Crônica de uma morte anunciada: do suicídio entre os Sorowaha . Revista De Antropologia, 43(1), 89-144. https://doi.org/10.1590/S0034-77012000000100004

Edição

Seção

Artigos