Religião, ciência ou auto-ajuda? trajetos do Espiritismo no Brasil

  • Sandra Jacqueline Stoll UFPR; Departamento de Antropologia
Palavras-chave: Espiritismo, santidade, Chico Xavier, Waldo Vieira, Luiz Gasparetto

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar certas configurações recentes do Espiritismo no Brasil. Tomando como ponto de partida a bibliografia produzida sobre o tema, chama-se atenção, em primeiro lugar, para a omissão desta quanto às relações estabelecidas entre o Espiritismo e o Catolicismo; em seguida, deslocando o foco para a situação contemporânea, analisa-se as novas interlocuções que vêm sendo estabelecidas pelo Espiritismo como estratégia de inovação da doutrina. Baseada em estudos de caso, essa discussão se constitui em torno de três personagens - Chico Xavier, Waldo Vieira e Luiz Antonio Gasparetto -, os quais sintetizam, por meio de seus percursos pessoais, formas diversas de expressão e/ou contestação da "tradição" espírita.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2002-01-01
Como Citar
Stoll, S. (2002). Religião, ciência ou auto-ajuda? trajetos do Espiritismo no Brasil . Revista De Antropologia, 45(2), 361-402. https://doi.org/10.1590/S0034-77012002000200003
Seção
Artigos