Na "casa da mãe"/na "casa do pai": anotações (de uma antropóloga e avó) em torno da "circulação" de crianças

  • Maria Angelica Motta-Maués UFPA; Departamento de Antropologia
Palavras-chave: criança, circulação de crianças, camadas médias, grupos populares, família

Resumo

Ancorado numa fonte de inspiração pessoal, em reflexões sobre dados de campo e na observação de situações particulares, o trabalho discute a "circulação" de crianças. Considerando modalidades como a "tutela infantil", as "crias de casa de família", os "filhos de criação", as pessoas que "reparam" crianças (às vezes, outras crianças) e os circuitos em que se envolvem os filhos de camadas médias, divididos entre "suas" duas casas e outros espaços mais, a idéia é: (1) ver como o fenômeno tem sido interpretado em nossa área; (2) tomar a circulação de modo mais amplo e flexível para incluir nela fluxos mais curtos e dinâmicos, e outros grupos que permitam perceber, nesta "ciranda", por exemplo, uma antropóloga e seu neto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2004-01-01
Como Citar
Motta-Maués, Maria. 2004. “ Na "casa Da Mãe"/na "casa Do Pai": Anotações (de Uma Antropóloga E Avó) Em Torno Da "circulação" De Crianças” . Revista De Antropologia 47 (2), 427-52. https://doi.org/10.1590/S0034-77012004000200003.
Seção
Artigos