Conquista colonial, resistência indígena e formação do Estado-Nacional: os índios Guaicuru e Guana no Mato Grosso dos séculos XVIII-XIX

  • Andrey Cordeiro Ferreira Universidade Federal do Rio de Janeiro; Museu Nacional
Palavras-chave: resistência indígena, colonialismo português, Guaicuru-Guana

Resumo

Este artigo analisa a história da conquista colonial do estado do Mato Grosso no século XIX e sua contrapartida, a resistência indígena, a partir dos relatos de militares e administradores que atuaram na região do Rio Paraguai e Pantanal. O caso dos índios Guaicuru e Guana é estratégico para esse gênero de problemática teórica, já que os dois grupos indígenas tiveram um importante papel na consolidação da conquista colonial portuguesa e, ao mesmo tempo, criaram diversos obstáculos à sua expansão e estabilização. O artigo apresenta uma reflexão histórica e teórica sobre a relação entre dominação e resistência política.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-01-01
Como Citar
Ferreira, A. (2009). Conquista colonial, resistência indígena e formação do Estado-Nacional: os índios Guaicuru e Guana no Mato Grosso dos séculos XVIII-XIX . Revista De Antropologia, 52(1), 97-136. https://doi.org/10.1590/S0034-77012009000100003
Seção
Artigos