A escrita e os corpos desenhados: transformações do conhecimento xamanístico entre os Marubo

  • Pedro de Neimeyer Cesarino
Palavras-chave: Xamanismo, conhecimento, escrita, padrões gráficos, transformação, corpo.

Resumo

Este artigo se dedica às transformações do conhecimentoxamanístico dos Marubo (povo falante de língua Pano do Vale do Javari,AM) em sua relação com a escrita. Trata-se de enfocar a maneira como oxamanismo elabora os entrecruzamentos entre a escrita alfabética (e sua formafinal, o livro) e a noção de pessoa, caracterizada pela modificação docorpo através da inscrição de grafismos (kene). Quais são os efeitos decorrentesdo encontro entre os processos de aprendizagem e memorização envolvidosna escrita e os envolvidos na produção do corpo pela agência ritual?Quais são os pressupostos de pensamento de que se vale o xamanismomarubo para elaborar a interface com a escrita e seus modos de produção deconhecimento? O desenvolvimento de tais questões deve, por fim, indicarconexões possíveis entre o caso marubo e outras situações ameríndias.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-12-07
Como Citar
Cesarino, P. (2012). A escrita e os corpos desenhados: transformações do conhecimento xamanístico entre os Marubo. Revista De Antropologia, 55(1). https://doi.org/10.11606/2179-0892.ra.2012.47583
Seção
Dossiê