Performando a cidadania: artistas vão às ruas

  • Diana Taylor Universidade de Nova Iorque
Palavras-chave: Performativos, Animativos, faz de conta (make believe), Produzir crença (make belief ).

Resumo

Três enunciados, exibições e atos cerimoniais concorrentes na turbulenta eleição mexicana de 2006 ilustram o grau em que tanto a performance e a política quanto a performance como política abarcam repertórios culturais e práticas de legitimação múltiplos, sobrepostos, e frequentemente contestados. Neste ensaio, alguns elementos de performance desses eventos serão observados – a encenação, o poder de performativos e o que a autora chama de animativos políticos, assim como o papel do público espectador – que caracterizaram o cenário de participação democrática em seu devir. Uma questão se apresenta: como o faz de conta (make believe) realmente produz crença (make belief ) e molda realidades políticas?

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Taylor, D. (1). Performando a cidadania: artistas vão às ruas. Revista De Antropologia, 56(2), 137-151. https://doi.org/10.11606/2179-0892.ra.2013.82463
Seção
Dossiê: Antropologia e Performance