Fetichismo religioso, fetichismo da mercadoria, fetichismo sexual: transposições e conexões

  • Rogério Brittes W. Pires Museu Nacional/Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Fetichismo religioso, fetichismo sexual, fetichismo da mercadoria, crítica.

Resumo

Os conceitos de fetichismo sexual e fetichismo da mercadoria são tortuosas transformações de um conceito anterior: fetichismo religioso. Este artigo foca tal transposição conceitual, tentando entender qual seu impacto sobre o conceito anterior. Busca também traçar conexões entre os fetichismos e examinar usos variados da(s) ideia(s) de fetiche no século xx. Daremos importância à continuidade entre a denúncia iluminista da “ilusão religiosa” e certa postura crítica das ciências humanas modernas. Por fim, notaremos tentativas teóricas de unir os fetichismos, seja através de análises das características comuns aos diversos objetos já taxados de “fetiches”; seja através da proposta de um fetichismo geral, sem qualificadores, que una as versões religiosa, sexual e capitalista sobre uma mesma rubrica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-11-11
Como Citar
Pires, R. (2014). Fetichismo religioso, fetichismo da mercadoria, fetichismo sexual: transposições e conexões. Revista De Antropologia, 57(1), 347-391. https://doi.org/10.11606/2179-0892.ra.2014.87763
Seção
Artigos