Uma análise na relação médico-paciente frente aos recursos das tecnologias da informação

Autores

  • Jayr Figueiredo de Oliveira Fundação Getúlio Vargas

Palavras-chave:

Tecnologia da Informação, Relacionamento Humano, Serviço, Saúde, Médico-Paciente.

Resumo

Que a medicina mudou muito nas últimas décadas não é nenhuma novidade, a questão é que os pacientes também mudaram. Mediante ao comportamento deste novo perfil de paciente, onde o uso da tecnologia passa a ser muito presente em suas rotinas, surge um renovado modelo na relação médico-paciente. Sendo assim, este artigo pretende identificar e analisar os impactos do uso das TIC, principalmente no uso da internet nas relações humanas entre pacientes e médicos. Cada uma das 10 clínicas da população estudada receberam 20 questionários (pré-testados) para distribuição em uma amostra de conveniência. Observou-se que a internet é uma fonte importante para conhecimentos sobre a saúde nas relações de médicos e pacientes. Tais descobertas indicam uma mudança no papel do paciente, de um recipiente passivo da assistência para um consumidor ativo de informações sobre saúde e isto tem o potencial de promover um engajamento maior na manutenção e cuidado da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jayr Figueiredo de Oliveira, Fundação Getúlio Vargas

Pós-Doutorado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas – EAESP/FGV Pesquisador da Fundação Getúlio Vargas – EAESP/FGV

Downloads

Publicado

2014-07-02

Como Citar

de Oliveira, J. F. (2014). Uma análise na relação médico-paciente frente aos recursos das tecnologias da informação. INMR - Innovation & Management Review, 11(2), 132-153. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/100137

Edição

Seção

Artigos