INTENÇÃO DE USO DE E-LEARNING NO ENSINO SUPERIOR:HÁ DIFERENÇAS DE PERCEPÇÃO ENTRE HOMENS E MULHERES?

Autores

  • Angilberto Sabino de Freitas Universidade do Grande Rio
  • Jorge Brantes Ferreira Universidade Católica do Rio de Janeiro
  • Michele Amaral
  • Cristiane Junqueira Giovannini Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

E-learning, TAM, Aceitação de tecnologia, Gênero.

Resumo

Diferenças individuais, como idade, sexo, experiência, etc., levam a diferentes percepções e, consequentemente, a comportamentos distintos. Assim, diferentes percepções podem influenciar de diversas formas o comportamento do indivíduo na adoção e difusão de tecnologias de informação. Com base nesta premissa, este trabalho tem dois objetivos: analisar empiricamente, no contexto brasileiro, o uso do e-learning entre alunos de graduação e testar o impacto do gênero sobre as relações propostas. Os dados, obtidos por meio de questionários auto-administrados e preenchidos por alunos de uma instituição particular, foram analisados por meio de equações estruturais. Os resultados indicam que o gênero não é um fator que afeta as relações propostas, com a exceção do efeito da experiência prévia com tecnologia sobre a facilidade de uso, que apresenta maior impacto em mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angilberto Sabino de Freitas, Universidade do Grande Rio

Doutor em Administração pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC/Rio
Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração Universidade do Grande Rio – Unigranrio

Jorge Brantes Ferreira, Universidade Católica do Rio de Janeiro

Doutor em Administração pelo COPPEAD/UFRJ (2010), Mestre em Engenharia Elétrica pela PUC-Rio (2005) e graduado em Engenharia Elétrica pela PUC-Rio (2002). Professor Assistente e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Administração da PUC-Rio.

Michele Amaral

Mestre em Administração pela Unigranrio - Universidade Grande Rio (2012).

Cristiane Junqueira Giovannini, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Mestranda em Administração pela PUC-Rio, especialista em EaD pelo SENAC-Rio (2012), licenciada em Educação Artística pela UFRJ (2004).

Downloads

Publicado

2015-03-27

Como Citar

Freitas, A. S. de, Ferreira, J. B., Amaral, M., & Giovannini, C. J. (2015). INTENÇÃO DE USO DE E-LEARNING NO ENSINO SUPERIOR:HÁ DIFERENÇAS DE PERCEPÇÃO ENTRE HOMENS E MULHERES?. INMR - Innovation & Management Review, 12(1), 70-97. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/100317

Edição

Seção

Artigos