METODOLOGIA PARA CONTROLE DA AGREGAÇÃO TECNOLÓGICA DURANTE O PROCESSO DE INCUBAÇÃO. A EXPERIÊNCIA DA INCUBADORA TECNOLÓGICA AGENDE GUARULHOS, BRASIL - 2013.

  • Devanildo Damião Universidade de São Paulo
  • Carlos Graça Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Incubadora, agregação tecnológica, Inovação, Guarulhos.

Resumo

O sucesso de empresas nascentes nos EUA em setores de alta intensidade tecnológica gerou transbordamentos que mostraram às economias emergentes ser possível acelerar o desenvolvimento a partir da construção local de tais ambientes propícios à inovação. Particularmente no Brasil, não obstante os avanços de transferência do conhecimento tecnológico produzido e materializado em tais ambientes, ainda estão latentes duas lacunas estruturais neste processo: i) ausência de modelos de gestão, que incorporem as variáveis de impacto no processo de gestão da incubadora; ii) instrumentos que permitam mensurar de forma específica o nível de intensidade tecnológica de cada projeto, considerando a agregação de conhecimentos e aplicação dos mesmos. O presente trabalho oferece um instrumental frente ao segundo desafio, visto que permite mensurar o nível de intensidade tecnológica, o nível de maturidade e competências das empresas e a sua condição de evolução de agregação de conhecimento técnico aplicado ao seu negócio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Devanildo Damião, Universidade de São Paulo
Núcleo de Política e Gestão Tecnológica.
Publicado
2015-03-27
Como Citar
Damião, D., & Graça, C. (2015). METODOLOGIA PARA CONTROLE DA AGREGAÇÃO TECNOLÓGICA DURANTE O PROCESSO DE INCUBAÇÃO. A EXPERIÊNCIA DA INCUBADORA TECNOLÓGICA AGENDE GUARULHOS, BRASIL - 2013. INMR - Innovation & Management Review, 12(1), 227-247. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/100323
Seção
Artigos